Dicas e Truques Vida de Mãe

O que levar na mala de maternidade

Vem chegando o final da gestação e a ansiedade e expectativa começam a tomar conta da gente! Não vemos a hora de, finalmente, poder olhar e tocar aquele rostinho que já amamos, sentir o seu cheirinho, ouvir o seu chorinho…

À partir do momento que o seu bebê nascer, você vai entrar na viagem mais desafiadora, linda e maravilhosa da sua vida e, se você escolheu ter o seu bebê no hospital, esta viagem começa com uma mala, a mala de maternidade!

Os nascimentos que acontecem via parto normal hospitalar, exigem que mãe e bebê fiquem no hospital por pelo menos 24h, já os partos que acontecem via cesariana, exigem que mãe e bebê permaneçam internados por pelo menos 48h.

Veja também: O que Levar para Maternidade (16 itens indispensáveis)

Para passar estes dias por lá, você vai precisar de algumas coisas e, com base nas minhas 2 experiências anteriores, elaborei uma lista cheia de dicas e truques pra você não carregar peso extra e não precisar mandar ninguém correndo buscar alguma coisa (eu fiz isso quando o Pedro nasceu! Hehehe) Dá uma olhada:

Para o bebê:

– 2 trocas de roupas por dia: leve 1 troca extra de roupa por dia, de acordo com a época do ano que seu bebê vai nascer. Se o seu bebê estiver previsto para nascer no verão, opte por peças de roupas confeccionadas em algodão ou malha levinha, evite os sintéticos que podem causar alergias e não precisa levar muitas mantas, sapatinhos e casacos.

A Cacá nasceu em pleno verão, fiz a minha mala com macacões de malha e algodão, não inclui as calças como roupa de baixo, usei apenas com bodies de manga longa. Foi tudo super suficiente!

O Pedro nasceu no inverno, optei por peças de roupa de malha de moletom mais grossinhas, algumas peças de lã como casaquinhos, touquinhas e botinhas e o conjunto de baixo completo: body de manga longa + calças com pezinhos.

2 mantas: mesmo que ele nasça no verão, é bom levar pelo menos 2 mantinhas leves, de algodão ou térmicas. Para o caso de ele nascer no inverno, as mantas de lã são lindas, e ideais!

Outra coisa ótima que eu usei quando o Pedro nasceu, foi aquele “saco de bebê” feito com cobertor, sabe qual é? São cobertores de bebê comuns mas, tem alguns botões em locais estratégicos, se você fechar, fica alguma coisa parecida com uma “capa”, com buracos para as mãozinhas e uma touca. Útil, prático e multi-uso!

4 fraldinhas de boca/ombro: as fraldinhas de boca são ótimas para tudo! Para limpar pequenas regurgitações depois de amamentar, babinhas e o que mais for necessário. Opte pelas brancas, sem desenhos que possam desprender tinta e causar alergias ao recém-nascido.

A dica para evitar que elas se desfiem, é pedir para aquela tia/vovó/amiga habilidosa fazer um barrado de croche ou tecido. Fica lindo, delicado e faz a fraldinha durar mais, sem contar o carinho que será impresso na sua peça exclusiva! Adoro!

1 pacote de fraldas descartáveis tam RN ou P: a maioria dos hospitais fornecem este item mas, vale checar com eles a necessidade de levar o pacote ou não.

– Cadeirinha para o carro: não se esqueça, ao sair da maternidade o lugar do bebê dentro do carro não é no seu colo! Ele estará mais seguro na cadeirinha do carro, sempre!

A primeira cadeirinha é aquela do tipo “moisés”, ela se solta da base e por isso, você pode levá-la para o quarto do hospital, acomodar o bebê nela e já sair com ele no lugar certinho e seguro!

Para te ajudar a deixar a mala bem organizadinha, uma ótima dica é separar as trocas de roupas em saquinhos com marcação por dia. Assim, o papai (ou quem estiver te acompanhando) pode entregar para as enfermeiras do hospital o conjuntinho certinho de roupa que você quer que o bebê use naquele dia.

mala de maternidade
Você pode usar saquinhos simples como estes ou, comprar saquinhos de tecido confeccionados especialmente para isso. Em sites especializados em enxoval de bebê, você encontra!

Para a mamãe:

2 camisolas ou pijamas com abertura frontal: a abertura de botões facilita a amamentação, outro modelo que também dá certo, é o transpassado no peito. Leve peças extras para o caso de vazamento de leite ou outras manchas que possam inutilizar a sua peça de roupa.

1 robe: para que você fique confortável com as visitas e não precise trocar de roupa além de, ser também útil para caminhar pelos corredores do hospital.

4 calcinhas pós parto: escolha modelos confortáveis e, de cintura alta. No caso da cesariana, o elastico da calcinha de cintura baixa pode acabar incomodando na area dos pontos.

1 cinta: minha obstetra me recomendou já sair do hospital usando uma então, converse com seu médico e pense em incluir este item na sua mala. As cintas dão mais segurança ao caminhar e se movimentar porque, logo nos primeiros dias, depois de 9 meses com aquele barrigão, a gente se sente meio estranha e desequilibrada até acostumar sem a barriga.

Na hora de comprar, escolha por um modelo um tamanho maior do que você normalmente compraria. Por exemplo, antes de engravidar eu usava tamanho P, na cinta pós-parto, optei pelo tam M assim, tinha certeza que ela me daria segurança sem me apertar demais.

2 soutiens de amamentação: eles são muito mais práticos para amamentar. Escolha modelos com alças mais largas e que sejam simples de abrir e fechar com uma só mão (lembre-se que a outra mão estará segurando o bebê!).

1 chinelo de quarto: aquelas pantufinhas, sabe? Escolha um modelo com solado seguro para não correr o risco de escorregar, especialmente se você fizer uma cesariana. Outra coisa que também funciona, são aquelas meias com solado de borracha. Tem para adultos, e se você não pretende passear pelo hospital, são excelentes para as curtas caminhadas dentro do quarto.

Necessàire: coloque itens de higiene (shampoo, condicionador, crèmes, escova de dentes, pasta e etc) e também, se você costuma usar, a sua maquiagem básica.

Absorventes íntimos: alguns hospitais fornecem este item mas, a gente sempre se sente mais confortável com aquela marca que já costuma usar, né? Logo depois do parto, é normal você ter uma espécie de “menstruação”, que na verdade são os líquidos ainda no interior do útero que vão continuar a sair de você por até 15 dias. O fluxo costuma ser bem mais intenso do que o da menstruação comum por isso, escolha absorventes de alto poder de absorção, próprios para fluxos intensos.

Documentos pessoais: RG, CPF, Carteirinha do Convênio medico, cartões, plano de parto, acompanhamento da gestação e guias fornecidas pelo seu medico com todos os detalhes sobre a gestação e o bebê.

Eletrônicos: carregadores de celulares, tablets, máquina fotográfica e o que mais você costuma usar ou planejou usar neste dia especial.

Contatos: Faça uma listinha das pessoas que você gostaria de avisar sobre o nascimento do bebê e leve com você. Se você pretende fazer o anúncio via redes sociais, esta lista também pode te ajudar a não esquecer de “marcar” ninguém.

Uma troca de roupa para sair do hospital: você pode optar por usar as mesmas roupas com as quais entrou já que, apesar de a barriga ter “saído” você ainda estará, provavelmente, inchada e o melhor, é ter roupas bem confortáveis como as de “grávida”. Ou optar por outra troca de roupa bem linda para registrar o momento ao lado do seu bebê, só não esqueça de escolher uma peça confortável e não o seu jeans 38 de antes da gravidez! Dica da Kate Middleton! Hehehe

1 caixa de absorventes para seios: eles protegem suas roupas dos vazamentos de leite que acontecem!

Se você tiver optado por uma mala bem espaçosa, consegue acomodar as coisas do bebê ao lado das suas de maneira bem organizadinha e sem deixar nada de fora!

mala de maternidade

Além das coisas do bebê, algumas mamães optam pelos “extras”, no meu caso, foram eles:

Lembrancinhas

Enfeite de porta de maternidade (dica: leve com você um barbante e uma fita de alta fixação para o caso de, o seu enfeite não “se dar bem” com o encaixe da porta do hospital!)

E se você ainda está procurando a mala perfeita para te acompanhar neste momento lindo, eu indico muito a FAD!

mala de maternidade

mala de maternidade
Olha como ela é espaçosa! Cheia de bolsos e organizadores internos! Compre AQUI

A FAD confecciona produtos em couro ou sintético, sempre com muita qualidade, tem cores e design super lindos e que combinam com qualquer coisa. Eu estou apaixonada pelo meu kit de mala + bolsa

mala de maternidade
Pra vocês terem uma idéia dos tamanhos, eu fui a modelo! hihihi

bolsa de bebe

bolsa de bebe
a bolsa para o dia a dia é super espaçosa e ainda tem: necessaire que pode sair da bolsa e opção de alça mais longa para usar transpassada ou, apoiar no carrinho de bebê.

Além de ser assim, linda, prática, cheia de bolsos e compartimentos super úteis, elas podem te acompanhar por muito tempo enquanto o bebê cresce. Outra coisa que eu acho um charme na linha baby da FAD, é que você ainda pode personalizar a sua bolsa com as suas iniciais, nome ou apelido!

Olha como ficou a minha <3

mala de maternidade
Eu escolhi a minha bolsa na cor bege com as iniciais do meu nome em azul. Lá no site, você encontra outras opções de cores e composições de kits, corre lá porque é tudo lindooo! Compre AQUI

Acesse a loja virtual da FAD clicando AQUI  e conheça toda a linha baby, tenho certeza que você também vai se apaixonar!

E então, quando chegam os bebês por aí e como está a ansiedade? Tudo preparado? Me contem tudo!

Bjs ;)

artigo patrocinado

 

 

 

3 comentários

  1. Nossa, o meu Gui ta previsto pra nascer mes que vem, e ja pesquisei um milhao de blogs com lista da mala de maternidade ! kkkkkk A sua também ta salva aqui ! rsrs.. beijo grande

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *