Passeios e Viagens São Paulo

Kidzania SP: Tudo o que você precisa saber

Quando eu soube da abertura de uma unidade do parque Kidzania aqui em SP eu achei a idéia o máximo! Já tinha ouvido falar desta atração em países como Portugal e México e todos os pais e mães com quem conversei, sempre falavam muito bem.

O Kidzania é um parque infantil cujo conceito principal, nas palavras do próprio parque é “oferecer às crianças e seus pais um ambiente seguro, único, realista e educacional, que permite aos meninos e meninas, com idades entre 4 e 14 anos, fazer o que é da natureza deles: brincar.”

A idéia é ser um espaço que imita uma cidade de verdade, com casinhas, lojas, serviços, faculdade, delegacia de polícia, correios, teatro e tudo mais que existe nas metrópoles comuns mas, além de ser uma “mini cidade”, o diferencial deste parque é que, as crianças podem conhecer e praticar todas as profissões que existem na cidade.

kidzania

Para praticar estas profissões, as crianças precisam pagar pelos cursos de cada uma delas, praticá-las e depois, receber salários para continuar pagando mais cursos e brincar pela cidade. Além de pagar por cursos que as “profissionalizam” é possível pagar por serviços como manicure, tatuagem, cabelereiro e etc. exatamente igual ao mundo real…

Fiquei muito assustada quando, antes de ir visitar o parque, li em jornais e sites que, as profissões exercidas no parque tinham diferenciação salarial, por exemplo, um médico ganhava mais do que um policial, um bombeiro ganhava mais do que um carteiro e assim por diante. Me preocupei com a seguinte questão: se a idéia é ensinar as crianças sobre as profissões, diferenciá-las a partir dos salários não seria meio “preconceituoso”? Não poderia estimular um interesse nas crianças apenas por aquelas profissões que dão mais dinheiro fazendo perder a parte lúdica da brincadeira?

Outra coisa, a cidade inteirinha de Kidzania é patrocinada por marcas e empresas, o seu filho ficará sempre uniformizado com a marca que patrocina aquela brincadeira/profissão escolhida, e eu pensei: será que associar profissões com marcas e empresas específicas não poderia influenciar em suas escolhas no futuro? Quer dizer, será que o fato de apenas um banco estar patrocinando o banco da mini cidade não faria com que as crianças acreditassem que somente aquele existe ou, que aquele é o melhor?

Com tudo isso na cabeça mais as opiniões de mães e pais que já haviam frequentado o parque, decidi aceitar o convite da TAM e fui conhecer, ver de perto com os meus olhos (e os dos meus filhos) o que é, de verdade, o parque Kidzania.

Para entrar no parque você e as crianças precisam fazer o “check in” no balcão da TAM, no check in, as crianças e adultos recebem uma pulseira onde serão computadas as atividades exercidas e as crianças recebem sua primeira tarefa: trocar um cheque com o valor de “kidzos” (dinheiro da cidade fictícia) no banco. Com o dinheiro em mãos, as crianças podem partir para as atividades desejadas.

kidzania sp
Depois de pegar fila no banco, trocar seus cheques, Pedro e Cacá de posse de seus kidzos para começar a brincar.

A primeira atividade que as crianças quiseram fazer (e também a mais concorrida) foi ser bombeiro! Na porta de cada uma das atividades está informado: o valor para fazer o curso, o valor pago de salário, o número máximo de crianças que participam em cada sessão, a idade mínima e o tempo de duração da atividade.

A grande maioria das atividades é feita com no máximo 8 crianças por vez e dura no máximo 30 minutos. Os pais/mães não podem entrar nos ambientes com as crianças, elas precisam entrar sozinhas, fazer o curso, exercer a profissão, receber seus salários e depois, partir para a próxima.

kidzania
Primeiro o cursinho…
kidzania
depois, ao trabalho!
kidzania
No mini hospital é possível fazer curso para: socorrista, enfermeira e cirurgião. Todas as profissões são remuneradas ao final da sessão de 30 minutos. Aqui, Pedro, socorrista, correndo para atender uma emergência!
kidzania
Cacá enfermeira cuidando dos bebês da maternidade do mini hospital!

Algumas atividades não são remuneradas, apenas “profissionalizam” as crianças ou seja, elas pagam com seus kidzos para participar mas, não recebem kidzos de volta ao final da sessão.

kidzania
Na mini Tam é possível fazer um curso para piloto ou comissária/o. Ao final da experiência, as crianças ganham certificados e carteiras de brevê!
kidzania
Na experiência como chefs de cozinha, as crianças produzem um lanche e um milk shake, pagam pelo curso, não ganham salário mas, saem com seus lanchinhos!

Todas as atividades são realizadas por equipe super animada, atenciosa, bem humorada e super preparada para receber, envolver e auxiliar as crianças. Durante o tempo que as crianças estão nas atividades, sobra aos pais corujar através dos vidros, ir tomar um café na praça central ou, aproveitar o Salão dos Pais onde, crianças não entram!

O Salão dos Pais tem um mini café dentro, poltronas, TV, muuuuitas tomadas para recarregar celulares e até, aquelas estações de recarregadores com todos os tipos de plugs e encaixes onde, você coloca o celular dentro, fecha com uma senha e um cartão magnético e deixa lá recarregando. Achei que só faltou um WiFi free pra deixar os pais ainda mais satisfeitos! hehehe

kidzania

Se o seu filho é menor de 4 anos, o parque NÃO VALE A PENA pra ele! O valor da entrada não compensa mas, se você tem 1 mais velho e 1 mais novo, há 2 espaços em que os menores podem brincar enquanto o mais velho experimenta as profissões:

kidzania
O espaço PomPom tem um brinquedão inflável delicioso, um cantinho bem relax para uma sonequinha e área para trocar fraldas!
kidzania
No espaço Play-Doh as crianças menores brincam de massinha, a entrada é livre e está restrita à capacidade da sala!

O parque tem 2 andares e ambos têm o percurso livre e acessível para carrinhos de bebê e cadeirantes, o acesso ao mezanino se faz por escada ou elevador. Para comer, as opções não são lá muito saudáveis: Burger King, Café com guloseimas e salgados ou Pizzeria 1900 com massas. Não encontrei sucos naturais ou de caixinha sem açucares e adições, somente sucos de latinha e por isso, recomendo que faça como eu, leve uma lancheirinha!

Depois desta tarde no parque eu percebi que, as crianças nem perceberam o valor que pagavam ou recebiam para cada uma das atividades. Para eles, o bacana era apenas entrar, brincar e, se saíssem com algumas notas na mão, era mais legal, se não saíssem, tudo bem também! Quanto às marcas e patrocinadores, eles também nem percebem! A euforia é tanta para brincar no máximo de lugares possíveis que, quanto se paga, quanto se ganha, de que cor é a roupa ou qual a logomarca que está nela, pouco importa para as crianças.

Se o parque consegue atingir sua expectativa que é ensinar sobre a vida prática e as profissões para as crianças, não tenho certeza mas, alguns aspectos são sim muito interessantes como, a autonomia que eles desenvolvem já que, os pais são literalmente barrados e as crianças precisam entrar, pagar, prestar atenção e se virar sozinhos para exercer cada uma das atividades/brincadeiras.

No final, se você é ou vem a SP para passear, eu recomendo sim este passeio ao parque Kidzania, não vá pensando na questão pedagógica, para as crianças eles apenas “brincam de casinha” em uma casinha gigante! E isso por si só, já é muito legal!

Pra encerrar o assunto, 3 dicas para você aproveitar melhor o parque:

1 – Leve as crianças com roupas confortáveis, bermudas ou calças que tenham bolsos ou mini mochilas para que eles possam guardar o dinheirinho que recebem. Ir de tênis também é mais aconselhável já que, eles vão correr muito, pegar muita fila e algumas atividades só são permitidas com este tipo de calçado!

2 – Deixe a atividade de chef de cozinha por último ou, mais para o meio do período. Como eles vão fazer um lanchinho com suco ou milk shake é legal que estejam com fominha para comer este lanchinho!

3 – Antes de sair do parque, lembre-se de passar no banco para trocar as notas por um cartão! Ele sai no nome da criança e fica com os créditos não utilizados para uma próxima vez!

kidzania
certificados, cartões e carteirinhas de pilotos!

O Kidzania abre em 2 horários: das 9h às 14h e das 15h às 20h. Não dá para brincar e conhecer tudo uma única vez e por isso, nós voltaremos, com certeza!

#ficadica ;)

Serviço

Kidzania SP

Shopping Eldorado – 2 subsolo

Aberto todos os dias em 2 horários: das 9h às 14h e das 15h às 20h

Preços: crianças à partir de R$ 100,00 e adultos à partir de R$ 50,00

Saiba mais clicando: saopaulo.kidzania.com

Um comentário

  1. QUERIA saber quanto é cada local? Tipo: quantos kidzos é para ir na fábrica da kopenhaguen (vixi não lembro como se escreve ) ? Essas coisas
    Fico no aguardo. Grata Pamela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *