Bebês Saúde

Farmacinha do bebê

Comprar os itens para o “kit de higiene” do bebê, faz parte do ritual de toda mamãe que está montando o seu primeiro enxoval. Algumas listas são meio exageradas e mesmo as mais bacanas, mais completas e mais realistas, nunca te dizem o que você precisa ter na prática para os casos de resfriados, assaduras, febre, coceiras e outras coisinhas que podem surgir no bebê.

Reuni alguns produtos e acessórios que são indispensáveis para a farmacinha do bebê, separados por idade, nestes kits você vai encontrar o que eu uso aqui em casa e funcionou comigo e as crianças. Dá uma olhada:

De 0 a 24 meses

Ao nascer e até 24 meses, o bebê precisa de cuidados e produtos específicos. Não dá pra usar com ele o shampoo que você usa em você, o hidratante do filho mais velho e etc. Para os cuidados de higiene diários você vai precisar de:

farmacinha do bebe

1. Hastes flexíveis com algodão (cotonetes): eles servem para realizar a limpeza do coto umbilical nos primeiros dias de vida e até que o umbigo caia. Também servem para limpar as orelhinhas e ouvidos, mas sempre com muito cuidado nesta região!

2. Algodão: serve para praticamente todo tipo de limpeza, nos primeiros meses de vida é recomendado optar por algodão ao invés de lencinhos umedecidos na hora da troca de fraldas, a pele do bebê ainda é muito sensível e os lencinhos podem irritá-la.

3. Shampoo da cabeça aos pés Johnsons Baby: pra facilitar a hora do banho, os shampoos “da cabeça aos pés” são uma grande ajuda! Você não precisará de outro produto e as embalagens normalmente tem um manuseio simples que facilita muito naquele momento em que você só tem uma mão livre (a outra precisa estar segurando o bebê). A Johnsons acabou de re-lançar a linha recém nascidos livre de Quarternium-10 e com tampa pump super facilitadora!

4. Mini garrafa térmica: Para facilitar a troca de fraldas da madrugada, armazenar a água morna da limpeza numa mini garrafa térmica é uma ótima. Esta garrafa linda é da Pylones, uma loja virtual cheia de coisas lindas!

5. Luva de higiene bucal para bebês: esta “dedeira” serve para fazer a higiene da gengiva do bebê após as mamadas, na fase em que os dentinhos começam a nascer eles também agradecem a “coçadinha” que ela faz! Você usa assim, sem nenhum tipo de pasta de dente e deve fazer desde os primeiros meses para evitar a formação de placa, tártaro e etc.

6. Soro Fisiológico: este produto é um grande aliado e também mil e uma utilidades! O Pedro era super “remelento” e eu usei muito algodão embebido em soro para limpar os olhinhos dele, também serve para fazer inalação naqueles dias de tossinha, resfriados e tempo muito seco.

7. Alcool 70%: é com ele que você vai realizar a limpeza do coto umbilical. Os hospitais costumam fornecer, mas você também encontra em farmácias. É bem baratinho e apenas 1 frasquinho é suficiente.

8. Cortador de unhas: eu prefiro o cortador de unhas ao invés da tesourinha. Comprei este modelo simples da Gerber e uso até hoje!

9. Escova de cabelos macia: meus bebês nasceram bem cabeludinhos e eu escolhi este kit simples e básico da Safety 1st, só usei a escova.

10. Hidratante corporal: ao nascer os bebês têm a pele muito fininha e por isso, precisam de um hidratante específico para suas peles super delicadas. Você também vai perceber que a pele do bebê vai mudando com o passar dos dias: ela pode descamar, soltar penugem, fazer uma troca mesmo e por isso, escolhi este hidratante da Mustela Nutri Protecteur que tem alto poder de hidratação e garante uma pele saudável e forte.

Deveria ser proibido criança ficar doente, especialmente quando são tão bebês mas, infelizmente, ninguém está imune a um resfriado, um nariz entupido, uma brotoeja, uma febrinha, cólicas…

Alguns produtos e acessórios são bons ter em casa para casos de emergências! Aqui você vai ver os que eu uso em casa com indicação do meu pediatra, lembre-se: NUNCA MEDIQUE O SEU BEBÊ SEM PRESCRIÇÃO MÉDICA!

 

farmacinha do bebê

1 . Pasta d’agua: este creme antigo e sem contra indicação eu uso para os casos em que aparecem brotoejas, ou “bolinhas” na pele por causa de tecidos, calor, picadas de insetos…

2. Soro fisiológico: olha ele aí de novo, para os dias de resfriados é com ele que eu faço inalação nas crianças até hoje.

3. Nosefrida: bebês resfriados e com narizinhos entupidos ficam super irritados e chorões! O Nosefrida é um acessório que permite que você sugue a “meleca” de nariz do bebê. Sem nojinho, o acessório tem uma espuma/filtro que não deixa a “meleca” chegar na sua boca!

4. Anti gases Luftal: a Cacá teve muuuuitas cólicas e o pediatra liberou algumas gotinhas de Luftal para aliviar, até hoje uso aqui em casa. Não use sem recomendação médica!

5. Antitérmico Alivium: Quando a febre aparece o desespero se instala na gente! É de partir o coração ver o bebê todo “molenguinho” de febre :( Aqui em casa eu usei/uso Alivium como antitérmico e agora, com as crianças maiores, também para dores de gripes e resfriados. Não use sem recomendação médica!

6. Aspirador nasal: uma opção ao Nosefrida são os aspiradores nasais. Diferente do primeiro que você realiza a sucção através de um “cano” fininho, no aspirador uma espécie de “bomba” de vácuo puxa a “meleca” pra fora. Os bebês odeiam, mas é eficaz! Meu pediatra apenas alerta para não usar constantemente e evitar pequenos machucados nas narinas dos bebês!

7. Termômetro digital: hoje em dia tem muitos termômetros digitais por aí, eu usei, uso e confio neste modelinho simples e prático. Ao atingir mais de 37,5 graus ele já apita diferente avisando que ali tem febre!

8 e 9. Dermodex Prevent e Tratamento: Nos primeiros meses de vida, não é indicado passar pomada anti-assaduras a cada troca de fralda porque a pele do bebê precisa respirar! Mas eventualmente, pode aparecer alguma assadura, principalmente na fase de dentição ou de introdução alimentar quando os novos alimentos e ingredientes podem alterar a acidez do xixi e do cocô, foi o que aconteceu com a Cacá. Na primeira vez em que ela teve uma crise de assadura super feia, recorri a Dermodex Tratamento depois de ter testado outras pomadas que não funcionaram, ela foi a única que deu jeito! Para evitar que novas assaduras aparecessem, passei a usar a Prevent apenas na última troca da noite, porque é o período de maior contato da fralda molhada com o bumbum do bebê e, quando percebia algum “vermelhinho” aparecendo!

A partir de 24 meses

Aos 24 meses a pele e o organismo dos bebês já estão mais “reforçados” além disso, vão surgindo outras necessidades para as ocorrências do dia a dia. Olha o que eu uso aqui em casa nos meus “bebês crescidinhos”:

farmacinha do bebe

1. Pasta de dente sem flúor Malvatrikids: comecei a usar esta pasta aos 12 meses das crianças. Ela não tem flúor e protege os dentinhos com gostinho de Tutti- Frutti e baixo teor de açúcar.

2. Repelente de insetos Exposis Infantil: o Pedro é super alérgico a tudo quanto é tipo de produto e por isso, optei pelo Exposis que é antialérgico, sem cheiro e com aplicação em spray, muito mais prática!

3. Curativos Band-Aid: pode ser que você precise deles antes dos 24 meses do bebê, aqui em casa eu sempre opto por comprar esta caixinha de Band-Aids de tamanhos variados, porque nunca se sabe qual será o “tamanho da arte” das crianças, né? rsrsrs

4. Sorine SSC: adquirimos o hábito de realizar a lavagem nasal diária para evitar as crises de rinite, gripes e resfraidos. Escolhi o Sorine SSC por causa da embalagem spray 360 graus, dá pra aplicar com as crianças em pé, deitadas, de lado, de ponta cabeça… e sem chororô!

5. Lencinhos umedecidos Pampers Sensitive: indicado desde o nascimento (para andar na sua bolsa e trocas de fraldas ocasionais) eu gosto muito dos lencinhos da Pampers porque são super suaves, sem cheiro, têm bom custo x benefício e uso até hoje, mesmo depois do desfralde! Continuam excelentes para limpar os bumbuns aqui de casa, para ter na bolsa, no carro…

6. Pomada anti-alérgica Polaramine: como eu disse antes, o Pedro é super alérgico a tudo: picadas de insetos, tecidos, calor, cremes… Quando ele começa a encher de brotoejas de alergia, a única coisa que resolve é a Polaramine. Desde que não seja uma reação alérgica muito grave, com necessidade de recorrer ao PS, claro! Pergunte ao seu pediatra sobre o uso deste produto!

7. Escova de dentes Oral B Stages: as crianças bem que gostariam daquelas escovas de dentes cheias de “firulas” e personagens, mas aqui em casa optei por estes modelos da Oral B porque são práticas, design perfeito para cada fase das crianças, não machuca as gengivas, tem uma “pegada” anatômica que facilita muito na hora de ensina-los a escovarem os dentes sozinhos e bom custo X benefício.

8. Anti – séptico Band Aid: na minha época minha mãe passava aqueeeele mertiolate que ardia mais que a dor que o machucado causou, hoje em dia optei por este anti-séptico da Band- Aid: não arde e é em spray, super prático!

9. Bloqueador solar Banana Boat Baby FPS 50: não vou mentir pra vocês, as crianças odeiam este bloqueador! Eles acham pegajoso e “fedido” mas, de todos os que eu testei ele é o único que realmente não sai na água, não arde os olhos e protege mesmoooo do sol! Por isso, ele é meu escolhido! Bloqueador solar não tem que ser colorido e cheirosinho, tem que funcionar, né? ;)

Estes são os itens que eu usei e ainda uso aqui em casa, na hora de montar a sua “farmacinha” é sempre bom perguntar ao pediatra sobre os produtos e acessórios mais indicados e conforme o bebê for crescendo lembre-se:

  • mantenha a “farmacinha” longe do alcance das crianças, de preferência em local alto ou trancado!
  • Olhe sempre a validade dos remédios antes de usar, e quando for jogar fora, certifique de esvaziar os potes com líquidos e trancar bem o lixo!

Para montar um “kit de higiene”, daqueles que você coloca em cima do trocador, você precisa basicamente de:

  • 1 mini garrafa térmica (para ficar mais prático, mas não é regra)
  • 1 pote de algodão em bolas
  • 1 pote de cotonetes
  • 1 cuia para colocar a água que você vai molhar o algodão
  • uma bandeja ou cesta para deixar tudo organizadinho

Nos posts de decoração aqui do blog você encontra alguns modelos de kits de higiene que combinam com os temas dos quartos, no blog Petit Ninos, minha amiga Marina, também fez uma seleção de kits de higiene lindos e modernos, clica AQUI para ver!

E vocês, já fizeram a farmacinha? Me conta aí, o que não pode faltar?

Bjs ;)

6 comentários

  1. Gostei muito é tudo que eu queria saber,pois tem uma sobrinha que está grávida do primeiro bebêe não sabia o que comprar,agora é só eu enviar para ela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *