Bebês

Veja o que fazer para o bebê dormir a noite toda sem problemas

Conseguir fazer seu bebê dormir durante a noite é um desafio comum entre nós mães. Sei bem como é essa “luta”, pois passei isso com a Ariel durante muito tempo. Me perguntava direto, como fazer o bebê dormir desde cedo? 

Como recém-nascidos, os bebês precisam acordar a cada poucas horas para se alimentarem, já que suas pequenas barriguinhas não são grandes o suficiente para se manter cheias durante a noite.

No entanto, à medida que o bebé cresce, eles precisam de menos tempo nessas mamadas noturnas. Geralmente, é quando a gente espera que nossos amorzinhos durmam a noite toda, mas as coisas nem sempre acontecem como esperado, deixando a gente exausta e procurando soluções.

Acredite ou não, o sono é na verdade uma habilidade aprendida. Os bebês precisam aprender como e quando dormir antes de dormir durante à noite.

Por isso, baseado em minha pesquisa e experiência no assunto, essas 8 dicas ajudarão seu filho a começar a dormir por períodos mais longos. Me acompanhe que eu te mostro!

Entendendo o sono do bebê

como fazer o bebê dormir

Para compreender como fazer seu bebê dormir durante a noite, primeiro você precisa saber se seu bebê consegue dormir durante à noite, entendendo como funciona o seu sono.

Recém-nascidos dorme por cerca de 16 a 17 horas por dia. Ou seja, eles precisam dormir durante o dia e durante a noite. Não basta ficar o dia inteiro acordado para vir dormir só a noite. Essas 17 horas precisam estar bem distribuídas ao longo do dia.

Você também pode ajudar a definir o cenário para um boa noite de sono, certificando-se de que seu bebê está recebendo a quantidade certa de sono durante o dia. Pois é, muito paradoxal isso, não é?

Mas aí está uma grande verdade. Os bebês precisam dormir durante o dia, pois se não dormirem, a noite também será difícil. Esqueça aquela ideia de que você tem que manter seu bebê acordado durante o dia para que ele se canse e durma bem a noite.

Isso não existe. Eles não são como nós adultos, nesse ponto as coisas são diferentes.

Seu bebê tem que ser capaz de dormir à noite toda antes que você comece o “ritual do sono” com ele. Há alguns marcos que eles precisam alcançar primeiro, como uma diminuição no Reflexo Moro. As mamadas precisam ser menores, pois você não quer que ele durma a noite toda se estiver com fome, certo?

Há bebês que dormem durante a noite toda, logo desde o segundo mês. Já vi até mesmo bebês que em seu primeiro mês já dormiram uma linda noite por inteiro, porém, isso não é a regra, viu? Muito pelo contrário, é uma boa exceção.

Por isso, é importante descartar os “surtos de crescimento”, alguma doença, resfriado ou outra condição que realmente impossibilite ele de dormir à noite toda. Por volta dos 3 meses de vida você já pode analisar se dormir à noite toda é uma possibilidade para seu bebê.

Música para bebê dormir: 3 opções diferentes

O poder da música é indescritível, e por isso, você pode usá-la na hora do sono. Tanto para acalmar seu bebê, quanto para embalar seu sono. Aqui vai algumas opções diferentes de músicas para o bebê dormir:

1. Músicas com sons de natureza

Isso mesmo, os sons de água, grilinhos e outros bichinhos da natureza, acalmam os bebês e trazem um sono profundo.

2. Música clássica

Pode usar sem medo. A música clássica tem o poder relaxante incrível, é só colocar bem baixinho e seu bebê vai gostar.

3. Música instrumental

Essa você pode escolher qualquer música que goste, porém, que seja instrumental. Os instrumentos mais suaves com a melodia mais agradável terão o poder de acalmar o seu bebê.

Descobrindo o momento do meu filho

Os pais muitas vezes se perguntam como saber se seu filho precisa de um ritual para dormir ou se seus hábitos de sono são apenas algo de que vão aparecer normalmente. Se o seu bebê está constantemente irritado e cansado, provavelmente é hora de ajudá-lo a ter um sono melhor.

O sono saudável é tão importante para o seu bebê e para você também! Se o seu bebê não está dormindo, provavelmente você também não está. A privação do sono em crianças tem sido associada à obesidade, problemas comportamentais, problemas de aprendizagem e mais tarde outros problemas na vida.

Já a privação do sono em adultos pode levar a questões semelhantes, e foi mesmo demonstrado que desempenham um papel na ansiedade pós-parto e até mesmo depressão nos pais.

Ensinar e estabelecer hábitos de sono saudáveis ​​desde o início facilitará o ritual do sono e, mais importante, ajudará a manter você e seu bebê descansados.

Como ninar bebê

Pode parecer estranho, mas existe algumas maneiras de ninar o bebê que funcionam mais do que outras. Aquilo que vemos nos filmes, onde uma pessoa segura o bebê e vai chacoalhando para que ele se acalme e durma, não funciona. 

Por isso, você pode experimentar algumas dessas a seguir para identificar qual o seu bebê mais se identifica:

  • leva-lo de um lado para o outro no corpo de forma suave;
  • andar pelo quarto ou pela casa com o bebê no colo e com as mãos apoiando sua cabecinha no ombro;
  • fazer o som de “shiiii” de forma suave o tempo todo (isso é um ruído branco e acalma o bebê);
  • balança-lo bem suavemente em redinhas ou bercinhos que se movem;

Perceba que todas são formas tranquilas de ninar o bebê para que o embalo o leve a relaxar e pegar no sono. Lembre-se que o sono não vem para ninguém no meio de lugares com muitos estímulos.

7 dicas de como fazer o bebê dormir a noite toda

Nunca é cedo demais para começar uma rotina de dormir. Porém, isso não quer dizer que ele vá segui-la assim que você implementar.

Bons pediatras que eu conheço, dizem constantemente que durante os 3 e até 4 meses de vida, não adianta estabelecer nenhuma rotina para bebês porque eles não estão aptos para segui-la.

E é isso mesmo. No entanto, essa rotina de sono não é somente para ele, e sim para você também. Nossa vida muda e, com certeza, você já percebeu isso.

Por isso, quanto mais habituada a essa rotina de sono com seu bebê, mas fácil será conduzi-la.

E como você não sabe bem o momento que ele vai aderi-la, pode começar o quanto antes para que no momento dele, ela faça todo o sentido. Só precisa aguardar sem criar muitas expectativas no início de tudo.

Sua rotina de dormir deve ser simples e sustentável, deve ser fácil para você fazer todas as noites. Mesmo a menor mudança na rotina do seu bebê pode deixá-los se sentindo mal e, de repente, acordar mais frequentemente à noite.

Inclua atividades calmantes que seu bebê parece responder, como um banho relaxante, um paninho para segurar e a última mamada. A rotina da hora de dormir tem que ser onde você cria associações positivas de sono para o seu bebê.

1. Tenha o ritual ideal para você e seu bebê

Nada aqui é pronto e “engessado”. Um dos aspectos mais importantes do ritual do sono, e como fazer o bebê dormir é encontrar o método que funciona melhor para você e seu filhote.

Em última análise, você é a única que sabe qual é a sua tolerância ao choro (seu e do seu bebê). Se um método não parece certo ou soa muito “intenso” para você, então não tente. Comece com um plano gentil com o qual você se sinta confortável e ele também.

Tenha em mente que você e seu parceiro podem ter diferentes níveis de conforto e tolerância. É melhor começar devagar e, se necessário, mudar para um método menos delicado, para que você possa aprender com o que se sente confortável e o que não vai funcionar para você e sua família.

O melhor método para você e sua família será aquele que você pode alterar para atender às suas necessidades e níveis de conforto.

2. Ensine seu bebê a se acalmar

Quando seu bebê acordar no meio da noite e chorar por você, é sempre bom dar uma olhada nele. Por favor, esqueça essa conversa de “deixa chorando que ele se acalma sozinho”. Isso só vai reforçar em seu bebê a sensação de insegurança, a sensação de que não tem ninguém ali para ajudá-lo.

No entanto, tente limitar seu tempo lá com ele. Deixe claro que ainda é hora de dormir, não brincar ou comer (se não for o caso dele ter que mamar sim). Coloque a mão no peito dele por alguns momentos para acalmá-los e saia do quarto.

No caso de muitas amigas, somente isso resolve o problema. No meu caso tinha que pegar a Ariel no colo. Ela precisava desse contato corpo a corpo. Há mães que dão leves batidinhas no bumbum, ninando o bebê novamente. Faça o que o seu demonstrar que gosta mais.

Como disse, eu pegava a Ariel no colo, com a luz apagada, não saía do quarto e ficava abraçada com ela por alguns minutos.

Deixar uma peça de roupa sua também pode ser eficiente, o que faz com que seu bebê sinta que ainda está lá. Isso pode ajudar a aliviar a ansiedade de separação, restabelecer a associação de sono a ser realizada para voltar a dormir e ajudar seu bebê a aprender a se acalmar.

3. Comece a desmamar a noite

Mais uma vez, não se esqueça de conversar com o pediatra e perceber os sinais. Por favor, não deixe seu bebê com fome a noite.

Ele precisa estar bem alimentado para dormir bem, por isso, se o seu pediatra disser que ainda não é o momento, ou mesmo se você perceber que ele tem fome, jamais deixe de amamenta-lo ou dar a mamadeira se for o caso. Filhotinho alimentado acima de tudo.

Depois de obter a aprovação do seu médico para interromper a alimentação noturna, você deve começar a reduzi-la lentamente, de acordo com desenvolvimento do bebê. Em muitos casos, a alimentação torna-se uma associação de sono porque você alimentou seu bebê sempre que acordou.

Só porque isso não é mais necessário, não significa que seu bebê não vai querer mais mamar. Isso não acontece. Só que vai acontecer é ele sentir-se mais tranquilo para dormir à noite toda.

Lentamente, retire-o das mamadas noturnas (talvez tente alimentar com ele ainda dormindo), alimentando-o menos e com menos frequência durante alguns dias ou uma semana, para acostumá-lo a não se alimentar toda vez que acordar.

4. Siga um cronograma de como fazer o bebê dormir

Certifique-se de que seu bebê está recebendo a quantidade certa de sono durante o dia para prepará-los para obter a quantidade certa de sono noturno. Como recém-nascidos, os bebês não podem diferenciar entre dia e noite, eles apenas dormem o tempo todo.

À medida que envelhecem, começam a dormir períodos mais longos, sendo as mais longas à noite. Se eles dormem muito durante o dia, eles não vão dormir o tempo todo à noite.

Isso acontece porque a noite eles vão querer se alimentar tudo que não se alimentaram durante o dia. Por isso, é importante que eles durmam de dia, mas, que sejam acordados para mamar periodicamente para não querer mamar a noite.

5. Mantenha um ambiente calmo

Isso é extremamente importante! Bebês são como pequenas esponjinhas que captam tudo ao seu redor. O ambiente pode ser tudo nesse momento.

Mantenha o quarto a uma temperatura confortável, certifique-se de que fique escuro e até tente adicionar algum ruído branco (ruído branco, se você não conhece, me pergunta nos comentários que faço um post sobre o assunto).

O mais suave dos sons pode perturbar o seu bebê durante a noite, o ruído branco irá fornecer um som consistente e suave para eles adormecerem, e isso irá abafar quaisquer outros ruídos que ocorram ao redor da casa.

6. Fique com uma hora de dormir determinada

Colocar o bebê para dormir mais tarde, na esperança de que eles durmam até tarde, provavelmente não funcionará. Existem estágios do sono que devem ser cumpridos para que o seu bebê, e até mesmo nós possamos receber os benefícios do sono.

Se você está seguindo um cronograma, é importante manter uma hora de dormir adequada para o seu bebê, para mantê-lo no caminho certo.

Lembre-se de que os recém-nascidos não têm horário de dormir, porque estão apenas dormindo sempre que precisam. Mas com cerca de 3 meses de idade, você pode começar a estabelecer uma hora de dormir saudável para acompanhar seu horário de sono.

7. A chupeta pode ajudar

Sei que muitas mães optaram por não dar chupeta aos bebês, porém, para aquelas que usam, ou quem já mudou de ideia, dar a chupeta na hora de dormir pode ser uma ótima ideia.

Bebês normalmente precisam sugar, e no momento do sono você pode notar que frequentemente eles fazem o movimento de sucção com a boquinha. A chupeta na hora de dormir vai acalma-lo, pois, esse movimento de sucção será satisfeito com ela.

Seja paciente

Se o seu bebê dormia sozinho durante a noite antes e, de repente, parou, pode ser uma regressão do sono ou um surto de crescimento. Os surtos de crescimento geralmente duram apenas alguns dias, e então seu bebê deve retornar aos padrões normais.

Uma regressão pode durar de 1 a 4 semanas. Seja paciente em momentos como este e concentre-se no fato de que não durará muito tempo.

Você foi paciente com muitas outras questões, por isso, sei que não será diferente com relação ao sono do seu bebê.

Meu bebê não dorme!

Sim, é possível ter tentado todas essas dicas e truques acima e mesmo assim o seu bebê resistir ao sono. Mesmo tendo paciência é perfeitamente normal não ter êxito com essas orientações. Pode funcionar para alguns e não para outros.

Porém, não se desespere, há cursos específicos para orientar de forma detalhada a melhor maneira de como fazer o bebê dormir.

São especialistas com experiência que estão dispostos a trazer todos os aspectos do sono infantil para que você consiga entender e criar um ritual do sono que funcione perfeitamente para seu bebê.

Vale a pena conhecer esse curso e se permitir ter boas noites de sono. Lembre-se que são orientações baseadas em pesquisa e experiência com diversos bebês.

Eles têm a experiência e o treinamento para reconhecer quais problemas resultam em sintomas específicos e podem trabalhar com você para desenvolver um plano personalizado para o seu filho que aborde essas questões individuais.

Por fim, saiba que, somando-se ao desafio de como fazer o bebê dormir, está o fato de que a maioria das soluções não funciona da noite para o dia, então os pais podem tentar uma solução que poderia ajudar o bebê a dormir à noite toda, mas podem abandoná-lo antes que comece a surtir efeito devido a protestos pesados ​​por parte do bebê.

E se você já tentou muitas vezes, todas essas dicas, talvez queira conhecer nossos cursos, o curso online sono do bebê de 0 a 5 meses e o curso online sono do bebê de 6 a 23 meses mais específicos e com detalhes incisivos para quem tem mais dificuldade.