Gravidez

Já estou na 37° semana! O meu bebê está chegando? Saiba mais!

Ansiedade nem exprime mais o que a gente sente quando está de 37 semanas de gravidez, não é mesmo? Muito perto do parto, uma onda de sentimentos se mistura a um mar de sintomas físicos.

Por isso, vou te contar o que acontece às 37 semanas de gravidez. Como está o seu bebê, e como seu corpo provavelmente está se comportando. Vem comigo!

37 semanas de gravidez em meses

Quando estamos grávidas, é muito fácil perder a noção de quantos meses estamos, porque nos concentramos em contar semanas. Por isso, já vou te adiantando que, você entrou oficialmente na segunda semana do seu nono mês de gravidez.

Há muitas coisas acontecendo com seu bebezinho e muitas mudanças acontecendo em seu corpo, enquanto ele se prepara para o trabalho de parto. Então, se ajeite aí onde está, acomode a barrigona e saiba mais sobre a reta final da gestação!

O tamanho do bebê com 37 semanas de gestação

A primeira curiosidade é saber como está o pequenino que “dorme” dentro de você, não é? Pois bem, o comprimento médio de um bebê com 37 semanas de gestação é de aproximadamente 48 cm. O bebê provavelmente pesa por volta de 2,8 kg e já está com todos os órgãos formados!

Lembra quando seu filho tinha o tamanho de uma semente de papoula? Aquela velha mania de comparar o bebezinho com algum alimento na forma e tamanho. Então, agora seu bebê é do tamanho de uma cabeça de alface.

Bebê pélvico x bebê cefálico

Quando a cabeça do bebê vai se encaixar para um parto normal? Isso geralmente ocorre após 26 semanas. Na semana 37, seu bebê deve estar nesta posição cefálica. Mas, isso aí não é o que acontece sempre, viu? Ariel se encaixou e ficou na posição cefálica somente na semana 39 de gestação.

Eu sei, você pode estar se perguntando como saber se a cabeça do bebê está em posição cefálica. Dá para perceber isso por meio do mapeamento da barriga da mãe. Isso permite que você saiba como o bebê está posicionado em seu útero. Peça ao seu ginecologista para te ajudar. No mais, se for muito ansiosa, um ultrassom resolverá todos os seus problemas.

Dentro de você, ele já se sente apertado

Neste ponto, seu bebê é grande demais para dar muitos chutes e socos. É mais provável que você o sinta se esticar, girar e girar à medida que fica mais cheio lá dentro.

Sua parede uterina continua a se esticar, ficando mais fina e deixando passar mais luz à medida que o bebê começa a se ajustar.

Uma curiosidade que fiquei testando durante as 37 semanas de gravidez da Ariel, foi usar a lanterna do celular na barriga. Os médicos dizem que o bebê já pode perceber a luz, e então se movimenta.

Nesse ponto, o bebê pratica a respiração inalando e expirando líquido amniótico. O cérebro e os pulmões estão lá, mas ainda não terminaram de crescer e se desenvolver, embora, se o bebê nascer as 37 semanas de gravidez, está “quase” tudo bem.

Seu corpo durante esse período

“O bebê já encaixou?” À medida que avança o nono mês de gravidez, provavelmente você ouvirá muito essa pergunta. Eu sei bem como é, pois, eu só conseguia dizer que seria um parto cesariana, pois a mocinha aqui estava muito bem sentadinha.

Agora, se seu bebê já estiver encaixado, aposto que seus pulmões já tem algum alívio e você pode respirar um pouco melhor. Em contrapartida, sua bexiga pagará o preço e, nesse momento, você pode sentir uma necessidade constante de fazer xixi. Toda essa pressão também pode causar algumas novas dores pelo corpo.

Nesse ponto, você vai querer abusar do creme de estrias, porque nas próximas três semanas é provável que novas marcas e linhas apareçam à medida que seu bebê ganha peso rapidamente.

Sintomas comuns a partir das 37 semanas de gravidez

Você pode estar sentindo muitas coisas neste momento da gravidez. Mas, como cada mulher e bebê são únicos, umas sentem e outras não. Sendo assim, aí vão os sintomas mais comuns neste período. Dá uma olhadinha para ver se você reconhece algum dos seus:

Inchaço

Um pouco de inchaço nos pés e pernas é normal nesta fase da gravidez. Você pode até achar que seu nariz parece maior, ou que as bochechas dobraram de tamanho.

Náusea

A náusea é um sintoma comum da gravidez frequentemente associado ao primeiro trimestre, mas, o curioso é que nas últimas semanas ela também pode acontecer. Por isso, não se permita desidratar viu? Beba muito liquido se isso estiver ocorrendo. E não se esqueça de contar para o seu médico.

Azia

Nossa! Como eu sofri com azia. Não consigo descrever como queimava. Isso acontece porque o bebê está crescendo rapidamente, o que significa que ele provavelmente está pressionando seu sistema digestivo.

Problemas para dormir

Muitas mulheres têm dificuldade para dormir no nono mês. Se a bexiga, a região lombar, as cãibras ou o desconforto geral te mantém acordada, há algumas coisas que você pode fazer para conseguir um sono melhor.

  • Reduzir a cafeína;
  • Aumentar a ingestão de água pela manhã;
  • Reduzir os líquidos a noite;
  • Fazer exercícios leves durante o dia;
  • Ter um ótimo travesseiro para o corpo na hora de dormir;

Contrações

As contrações de Braxton-Hicks – ou “contrações de treinamento” – podem ser mais frequentes agora, enquanto o seu corpo se prepara para o parto. Mas, não se preocupe, as contrações de Braxton Hicks não resultam em dilatação do colo do útero.

Estrias

Essas últimas semanas de gravidez estão realmente levando seu corpo ao limite – sua pele pode precisar de uma porção generosa de hidratante. Então, aplique esse creme anti-estrias que você tem aí, sem medo!

Por fim, além de todos os sintomas físicos que você está enfrentando, também pode haver muitas mudanças emocionais. A excitação e euforia, medo e até ansiedade podem começar a surgir enquanto você se prepara mentalmente para a chegada desse pequeno ser humano no mundo. Por isso, busque na sua família uma rede de apoio e converse muito com seu médico a respeito de tudo!

E se você gosta de ficar por dentro do universo materno, fique à vontade para ler mais artigos do blog. Lá, eu conto muito mais sobre esses momentos únicos da vida!