Categorias Passeios e Viagens

Minas Gerais com crianças: Tauá Grande Hotel Araxá

Desde a primeira vez que nos hospedamos no Hotel Tauá Atibaia e fiquei sabendo do Tauá Grande Hotel Araxá, estava louca para ir lá conhecer!

Além do destino ser mega legal, Minas Gerais cheia de paisagens deslumbrantes e muita História, se hospedar no Grande Hotel Araxá é ter a possibilidade de viajar no tempo! Conhecer de pertinho parte da nossa história brasileira e todas as suas nuances!

Neste feriado de Dia das Crianças, tivemos a oportunidade de finalmente ir até lá. E a viagem nos deixou de queixo caído!

Mas antes de contar tudo sobre o Hotel, vamos falar sobre os preparativos para esta viagem afinal, Araxá não é super pertinho para quem sai de São Paulo, né?

Optamos por ir de carro, são 543km e pouco mais de 6h de estrada! Nem preciso dizer que, para a viagem não dar “xabu”, o melhor é ter certeza de estar com um carro confiável, checar toda a manutenção e, se ele for confortável para todos, as horas dentro dele serão mais agradáveis!

Para esta aventura, escolhemos viajar com a nova EcoSport 2018, que tem um porta malas super bacana para quem viaja em família, uma tela de navegação grande que ajuda muito os viajantes e acomoda super bem até 3 crianças no banco de trás.

ecosport 2018

Fonte Dona Beja

Saindo de SP, nossa rota foi até Ribeirão Preto e de lá, até Minas Gerais. É importante dizer que, as estradas de SP e de Minas são ótimas, sem buraqueira, com acostamento e visual incrível. Porém, ao atravessar de SP para Minas, a estrada até Araxá não tem postos de gasolina ou conveniência portanto, se você precisar abastecer, abasteça antes! Sua última oportunidade será a cidade de Rifaina!

minas gerais

Dá pra ir de outro jeito? Dá!

Você pode ir de avião até Belo Horizonte e de lá pegar um ônibus ou transfer ou, ir de ônibus que sai direto de SP. Mas o caminho entre o aeroporto de BH e a cidade é tão longo que sinceramente, acho muito melhor ir de carro!

Nós programamos paradas na estrada a cada 3h e dá super certo, mas se você não gosta de dar esticadas tão longas dirigindo, pode optar por pernoitar em Ribeirão Preto, por exemplo.

E chegando lá?

Toda vez que eu planejo uma viagem, gosto de pesquisar e saber tudo sobre o lugar onde estamos indo, e o Grande Hotel tem uma história muito bacana!!

Na verdade, a história do Hotel começa nas Termas de Araxá! As fontes de águas radioativas e sulfurosas provenientes de um vulcão inativo há mais de 90 milhões de anos, já eram conhecidas “milagreiras” das tribos indígenas que habitavam a região desde antes do século XVII.

Com a chegada e conquista dos homens brancos, em meados do século XVIII, elas se tornaram uma atração da cidade e a exploração em volta delas sempre foi desordenada e predatória. Em 1938, o governo brasileiro decidiu organizar e explorar de forma mais consciente a riqueza desta região e assim, iniciou a construção do Grande Hotel Araxá.

O hotel foi planejado para ser um palácio que abrigaria as autoridades nacionais e internacionais, e turistas de todo o mundo.

taua grande hotel araxa

O Grande Hotel Araxá tem o paisagismo todo criado por Burle Marx e a obra arquitetônica assinada por Luiz Signorelli, que buscou inspiração nos castelos das antigas construções coloniais da América espanhola.

taua grande hotel araxa

Meio medieval meio Cartagena <3

A obra foi entregue e inaugurada em 1944, e era um esplendor arquitetônico daquela época! Com vitrais belíssimos, alas de ligação entre os blocos com estrutura linda, varandas, pórticos e quartos espaçosos e luxuosos. Salões de baile e restaurantes dignos de reis e rainhas e até um cassino, que funcionou por lá até 1946.

Hoje em dia, o prédio é tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional e administrado desde 2010 pela rede Tauá. O fato de ser um prédio histórico tombado, garante que tudo estará preservado exatamente como estava quando foi entregue o que ao mesmo tempo é uma delícia pois, permite esta “viagem no tempo” e também, um desafio para quem administra.

Sabíamos que iríamos encontrar um lugar incrível e estávamos ansiosos, mas ao chegar lá, a palavra é: grandiosidade!

Tudo no Grande Hotel é grandioso e espetacular! Para cada cantinho que se olhe, se observa um detalhe, um mosaico, um afresco, uma janela…

taua grande hotel araxa

recepção

taua grande hotel araxa

fachada

taua grande hotel araxa

corredor termas

Ficamos hospedados em um quarto tamanho família que tem 2 camas de casal e vista para a piscina. Como era de se esperar, o quarto é gigante! Banheiro gigante, muitos armários, ante sala e camas super confortáveis. Como a infra estrutura do prédio é intocável, você vai ver uma pia imensa, piso de madeira de lei, azulejos antigos, esquadrias antigas…

O conforto é garantido com modernidades como frigobar, TV LCD, secador de cabelos, WiFi, ar condicionado e camas deliciosas!

O sistema de diárias no Tauá Grande Hotel Araxá é pensão completa menos bebidas. Estão inclusos: café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar. Pra quem viaja com bebês, o hotel também oferece Copa Baby com sopinhas e papinhas a disposição e sem custo adicional.

Ainda pensando em alimentação, o menu inclui opções diet e sem glúten sem risco de contaminação cruzada. Durante os 4 dias em que estive por lá, o chef foi super carinhoso caminhando comigo em volta do buffet em todos os jantares para me dizer quais opções estavam “seguras” sem glúten! <3

Apesar de ser um hotel antigo e onde não se pode mexer na estrutura, ele é todo acessível com rampas e elevadores assim, mamães podem circular com carrinho de bebê com facilidade. Exceto na área das Termas.

Assim que chegamos, as crianças já estavam doidas para saber da programação de lazer! Pedro e Cacá já estão super íntimos dos Taualegres (time de recreadores da rede Tauá) e por isso, se cadastraram e já se juntaram a turminha deles!

taua grande hotel araxa

Com uma área construída e verde imensas, o que não falta no Grande Hotel são atividades para todas as idades! O hotel oferece piscinas externas infantil e adulto, piscina para prática de mergulho (3m de profundidade), cavalos, charrete, tiro ao alvo, caiaque, pedalinho, pesca esportiva, caminhadas e trilhas, redário, teatro, cinema, salão de jogos, biblioteca e é claro, o spa que está localizado nas incríveis Termas!

taua grande hotel araxa

taua grande hotel araxa

taua grande hotel araxa

taua grande hotel araxa

Para chegar até as Termas, é preciso cruzar de um prédio a outro através de um pavilhão suspenso que já vai te tirando o folêgo:

termas de araxa

Eu poderia ficar aqui falando um monte sobre como as Termas são maravilhosas, mas prefiro mostrar:

termas de araxa

termas de araxa

termas de araxa

Algumas curiosidades sobre a ala das Termas: para a construção desta ala, o arquiteto responsável se inspirou nas casas de banho gregas e romanas e por isso, há muitas colunas, vitrais, tetos abobadados…

Porém, também inseriu elementos indianos da filosofia budista como, a imensa mandala no piso e o misterioso número oito, que representa o infinito e o dharmachakhra e aqui está em cada uma das coisas: oito colunas, oito vitrais, oito afrescos, oito pontas na estrela. Aliás, para deixar este momento zen ainda mais zen, no centro da mandala do chão há uma corrente de cobre de 30 m que conecta o piso com a natureza permitindo que a pessoa ao se sentar para meditar, esteja realmente conectada com a mãe terra.

Agora olha de novo as fotos e imagina este lugar com mantras entoados de fundo e aromas relaxantes no ar. É simplesmente mágico!

Também é lá no spa das Termas que estão as salas de banhos terapêuticos como o banho de lama, de pérolas e de alecrim, as saunas, duchas e a piscina emanatória de águas radioativas. Com temperatura acima de 36 graus, elas estimulam o metabolismo e relaxam muito!

termas de araxa

Os tratamentos no SPA e o uso da piscina emanatória são cobrados a parte, as Termas recebem clientes que não estão hospedados no hotel e por isso, é meio concorrida!

Crianças podem utilizar a piscina porém, é bom conversar com eles antes para que entendam que esta não é uma piscina de lazer para mergulhos e estripulias. É um ambiente de relaxamento e contemplação e assim, não pode correr, gritar, dar pulos na água…

termas de araxa

pode morar na piscina? :)

Além de todo o lazer que o Grande Hotel oferece, você ainda pode contratar passeios que oferecem a oportunidade de conhecer e vivenciar experiências únicas! Nós fizemos um tour gastrônomico que nos levou primeiro até a fábrica de doces artesanais Joaninha.

Lá, pudemos visitar a cozinha e entender como o processo manual é mantido até os dias de hoje sem perder qualidade e segurança no processo de fabricação, envase e comercialização.

fabrica de doces artesanais

Pedro lambendo o vidro e tacho de doce de leite! Nhammm

fabrica de doces artesanais

Depois, fomos visitar uma fazenda produtora de queijos! A Fazenda Só Nata é produtora do premiado queijo Minerim e lá, as crianças puderam ver de pertinho o processo de criação e cuidados com os bezerros e vacas, a extração do leite e todo o passo a passo que leva a produção de cerca de 150 queijos por dia de 4 tipos diferentes:

fazenda de queijos

fazenda de queijos

fazenda

Niguém resiste a uma árvore de fazenda! hihihi

Além dos passeios organizados pelo próprio Tauá, também dá pra percorrer por conta a Estância do Barreiro (área onde está localizado o Hotel) e visitar lugares incríveis, como a fonte da juventude da famosa Dona Beja:

fonte dona beja

fonte dona beja

Reza a lenda, que a famosa cortesã conhecida como Dona Beja costumava se banhar nestas águas, e este era o segredo de sua juventude e beleza!

E o Parque das Ruínas do Hotel Rádio, famoso pelas mil histórias e versões mal assombradas a cerca de seu incêndio e desativação:

hotel radio araxa

hotel radio araxa

hotel radio araxa

Parece um lugar saído de Nárnia!!

Nós não poderíamos deixar passar a oportunidade de também conhecer a cidade de Araxá, que é uma gracinha, daquele tipo de cidade pequena e com população super acolhedora, sabe?! Do Hotel até o centro da cidade, onde está a igreja matriz, são cerca de 15 minutos de carro.

No dia da nossa visita, o Parque do Cristo Redentor estava fechado e o museu Dona Beja também, mas valeu a vista:

cidade de araxa

Passamos pela Árvore dos Enforcados que, apesar de ter uma história bem triste, faz a sua permanência super necessária, para que erros do passado nunca mais se repitam!

arvore dos enforcados

Nestes galhos, eram enforcados os escravos negros e hoje em dia, também funciona ali um museu de preservação da história e herança africana na cidade!

arvore dos enforcados

Estivemos por lá por apenas 4 dias e vou contar pra vocês que, poderíamos ter ficado pelo menos 1 semana e ainda teríamos encontrado mil coisas para ver e fazer!

Sem dúvida o Tauá Grande Hotel Araxá é um super destino para curtir em família, seja qual for a configuração ou o tamanho da sua! Além das muitas atividades, todo o carinho, cordialidade e hospitalidade da rede Tauá fazem com que a estadia seja muito especial!

Fiquei morrendo de vontade de voltar lá com os meus sogros porque sei que eles amariam a programação para a Terceira Idade também! E pra quem curte as celebrações de Páscoa, o Tauá realiza uma festa linda que se chama Páscoa Iluminada, e oferece shows e projeções na fachada do hotel que emocionam mesmo! Que tal já se programar para a próxima?

Minas Gerais é sempre um destino encantador e Araxá acabou de entrar na listinha de destinos incríveis deste Brasil, que nós amamos e recomendamos!

#ficadica

Bjs! ;)

Deixe seu comentário

Comentários