Categorias Receitas

Preparando papinhas saudáveis na correria do dia a dia

Imagem: Ronny Satzke

Oi gente, tudo bem?

A correria do dia a dia agitado das mães é um dos maiores problemas na hora de pensar em papinhas para os filhos. Além de mães, muitas têm o trabalho da casa e do escritório, e precisam dar conta de tudo sozinhas.

Com tudo isso, tem vezes que deixamos nossa alimentação um pouco de lado e lançamos mão da praticidade existente no mercado. Apesar de ajudar, isso não deve virar um hábito, principalmente na alimentação dos bebês e crianças.

Você sabia que até os 2 anos é a fase que mais influenciamos o paladar dos pequenos?
Por isso é super importante evitarmos a oferta de alguns alimentos, principalmente os industrializados, ricos em açúcar, gorduras e sódio.

Para facilitar nesta tarefa de equilibrar a correria da rotina mais a alimentação dos pequenos, separei algumas dicas que funcionam comigo:

– Escolha um dia mais calmo, vá pra cozinha e faça algumas papinhas a mais e congele. Papinhas duram 2-3meses em freezer.

– Quando a Clara estava nas papinhas, eu fazia pra 15 dias todo domingo. Eu ia na feira, escolhia os ingredientes que queria introduzir e oferecer e fazia as combinações. Desta forma conseguia fazer com que ela experimentasse uma papinha diferente por dia. Não é difícil, mas leva um pouco de tempo.

Para garantir que as papinhas caseiras fiquem ainda mais saborosas e nutricionalmente equilibradas, preste atenção nestas dicas:

– cozinhe os alimentos separados, com panela fechada e pouca água pra não perder vitaminas e minerais;

– amasse-os individualmente com o garfo;

– Coloque pelo menos um alimento de cada grupo, por exemplo:

CEREAIS: arroz integral ou arroz branco
LEGUMINOSAS: feijão, ervilha, lentilha, grão de bico, vagem
VERDURAS: folhas (couve, escarola, rucula, agriao, mostarda, catalônia, almeirao, repolho, acelga…)
LEGUMES: cenoura, batata, quiabo, nabo, abobrinha, jilo, beterraba
PROTEÍNA ANIMAL: carne vermelha, frango, peixe e ovos

-use e abuse de  temperos naturais de sua preferência: alho, cebola, salsinha, cebolinha, manjericao, hortelã.

Na hora de preparar, faça as combinações e tempere, dois exemplos de papinhas que contém alimentos de todos os grupos:

Papinha 1

Arroz integral, lentilha, couve, carne moída, abobrinha.

Papinha 2

Arroz branco, feijao, almeirão, frango desfiado, mandioquinha.

Se você optar pelas papinhas prontas de “supermercado” lembre-se que toda e qualquer papinha que fica na gôndola sem refrigeração vai possuir algum tipo de aditivo e conservante, se optar pelas empresas que oferecem papinhas caseiras congeladas sugiro ir conhecê-las e sempre provar antes de oferecer ao seu bebê.

A melhor refeição é aquela feita com alimentos bem selecionados, saudáveis e muito amor.

Beijos,

Paola!

Deixe seu comentário

Comentários

5 comentários via blog

  1. Tha comentou em

    quando posso dar arroz, feijao para meu bebe?6 meses ja pode?

  2. Paola B. Preusse comentou em

    Tha,
    Com 6 meses você deve começar a introdução aos poucos.
    Normalmente começamos com as frutas e ficamos nela 1 semana mais ou menos.
    Depois introduzimos alguns alimentos salgados só no almoço e ficamos assim por mais 1 semana e depois de “mais” acostumado com tanta novidade, acrescentamos mais ingredientes nas papinhas.
    Mau não vai fazer, mas eu prefiro oferecer o feijão, arroz com 7 meses.

    Beijos,
    Paola

    1. Tha respondeu Paola B. Preusse em

      Obrigada Paola!

  3. Flávia Brito comentou em

    Boas dicas! Aqui em casa sempre ofereci a comida fresca, mas devo admitir que passei um tempo me rendendo à facilidade das papinhas industrializadas aos domingos para ter uma folguinha, aí quando a baby passou a comer a mesma comida que nós, abdiquei completamente dos industrializados.

    Beijos!

    1. Bagagem de mãe respondeu Flávia Brito em

      Oi Flavia,

      Nossa, a fase em que eles passam a comer a mesma comida que a gente é muito mais facil né? Mas eu confesso que ás vezes dá uma saudaaaaade dos meus bebes! rsrsrs

      bjo! ;)