Categorias Vida de Mãe

Pedagogia Waldorf: brincadeiras e brinquedos

Quando fui matricular o Pedro em sua primeira escola, eu buscava um espaço onde ele fosse respeitado, onde sua imaginação pudesse fluir, onde seu ritmo fosse compreendido e principalmente, onde ele pudesse ser criança, sem cobranças ou preocupações.

 

Eu sou licenciada em História e por isso, dentro do meu curso tive a disciplina de Pedagogia, essencial para quem deseja dar aulas. Na disciplina de Pedagogia, tive uma “pincelada” de cada uma das linhas pedagógicas que temos conhecimento e assim, eu sabia mais ou menos que, o tipo de escola que eu desejava para o meu filho existia sim, bastava pesquisar e procurar.

Logo de cara já tive certeza que, 2 linhas pedagógicas estavam super dentro do que eu queria: a Montessori (falei sobre ela AQUI) e a Waldorf.

A pedagogia Waldorf é baseada na Antroposofia, palavra grega que significa “sabedoria humana”. A Antroposofia fala especialmente sobre o humanismo, ela propõe que o homem não é apenas matéria ou espírito e sim, um ser dotado de inteligência que se relaciona com o mundo e as outras pessoas especialmente através de seus sentimentos e sensações físicas.

Do estudo da filosofia antroposófica, Rudolf Steiner, filósofo austríaco, criou junto com o proprietário da empresa Waldorf-Astoria, em 1919, a primeira escola de pedagogia Waldorf.

A pedagogia Waldorf tem como objetivo desenvolver a personalidade das crianças de forma equilibrada e integrada, fundamentada em 3 pilares:

  • Clareza do raciocínio;
  • Equilíbrio emocional e
  • Iniciativa da Ação.

Hoje em dia, as escolas Waldorf estão espalhadas por todo o mundo e, apesar de serem poucas, aqui no Brasil, a educação infantil se desenvolve por etapas chamadas “setênios” (0 a 7 anos) e as escolas costumam receber as crianças à partir de 2 anos.

Neste primeiro setênio, as crianças estão na fase do impulso de conquistar o mundo por intermédio de suas vontades e por isso, as atividades são desenvolvidas de forma a estimular estas vontades de conhecer, sentir, tocar, imaginar…

O brincar, o desenho livre, as rodas rítmicas, a contação de histórias e o cozinhar fazem parte das atividades curriculares que potencializam e ajudam a desenvolver a coordenação motora, o equilíbrio, a convivência social, a linguagem e etc.

Outra coisa que eu gosto muito nas escolas Waldorf (e que também acontece nas escolas Montessori) é que, crianças de diferentes idades estão na mesma turma assim, pequenos de 2 anos convivem com crianças de 4 anos e uns aprendem com os outros. A intenção deste arranjo é estimular nos mais velhos a empatia e a consciência de zelar pelos mais novos e nos mais novos, o respeito e a observação dos mais velhos.

Se você passar um dia inteiro acompanhando uma sala de aula Waldorf, vai se apaixonar por tanta autonomia e criatividade que as crianças vão desenvolvendo. E mesmo que você não queira matricular seus filhos em uma destas escolas, as brincadeiras e brinquedos Waldorf são daquele tipo que toda criança precisa conhecer.

Confeccionados de materiais sempre naturais como madeira e lã, os brinquedos Waldorf estimulam as brincadeiras espontâneas, a imitação da vida cotidiana, o movimento, o contato com a natureza e os sons e por isso, despertam a imaginação das crianças estimulando todo o potencial lúdico delas.

bonecas waldorf

As bonecas Waldorf são confeccionadas em puro algodão com enchimentos e cabelos de lã de carneiro natural. Os rostinhos são pintados manualmente e são bem simples, permitindo que as crianças tenham maior liberdade para imaginar!

 

brinquedos waldorf

Os carrinhos são de madeira, pintados com tintas atóxicas eles estimulam a coordenação motora, a imaginação e a noção espacial e de equilíbrio.

 

casinha de madeira

Brincar de casinha permite que as crianças recriem a vida cotidiana, interpretem as situações do dia a dia e assim, aprendam a assimilar melhor e lidar melhor com as situações rotineiras.

 

brinquedos madeira

Os brinquedos de movimento ajudam a criança na coordenação motora, estimulam a imaginação e observações de fenômenos físicos naturais. Eu adoro este carretão de madeira que pode transportar bonecas, carrinhos e muitas outras coisas!

 

Os acabamentos dos brinquedos Waldorf são sempre muito simples e minimalistas pois, partem da premissa de que, quanto menos interferência maior o espaço para a liberdade criativa da criança, eu adoro!

Se você também quer presentear os seus pequenos com estes brinquedos mega especiais, eu indico 3 lojas:

Bazar das Arábias

www.bazardasarabias.com.br

Brinquedos Waldorf

www.brinquedoswaldorf.com.br

Azul e Rosa

Av. Paes de Barros, 766 – Mooca

A pedagogia Waldorf é pra mim, uma importante ferramenta para desenvolver nos nossos pequenos todas as potencialidades verdadeiras que vêm do fundo da alma, existe coisa mais maravilhosa do que ser estimulado a ser quem você é e livre para expressar-se sem rótulos, sem medos, sem vergonhas e com muito amor próprio e pelos outros? É um sonho!

Se assim como eu, você não pôde (ou não quis) colocar as crianças em uma escola integralmente com esta filosofia, acrescente na vida delas os brinquedos educativos. Além de tudo o que ajudam a desenvolver, eles têm uma certa magia que encanta em qualquer tempo! Vai por mim!

Bjs ;)

Fonte bibliográfica: www.waldorf.com.br

Deixe seu comentário

Comentários