Categorias Vida de Mãe

O que é um Hand Spinner?

Talvez você já tenha visto na porta da escola com outras crianças, ou o seu filho tenha te pedido um destes, mas afinal, o que é um Hand Spinner?

spinner

Antes de mais nada você precisa saber que é um brinquedo, apenas isso! Esqueça o papo todo de que ele foi feito para crianças com déficit de atenção, que ajuda na concentração, ou que foi desenvolvido para crianças autistas.

Pode até ser, são tantos os boatos sobre a criação do brinquedinho que talvez nunca saberemos de onde e por que ele se originou! O único fato concreto sobre ele é que é um brinquedo que se tornou mania entre as crianças e adolescentes a partir de 7 anos!

Pedro e Cacá me pediram um destes e eu fui conhecer o tal brinquedo! Lembra um peão, daqueles que a gente rodava na rua, é hipnotizador como eram os ioiôs da Coca-Cola e são inofensivos como Tazos, cartas Pokemon, Girocopteros e muitos outros exemplares!

Feito de plástico e rolamentos, há várias versões e cores! Os mais simples tem 2 ou 3 rolamentos fixos por hastes plásticas e um centro que gira. A brincadeira consiste em fazer o Spinner girar no dedão com o apoio de outro dedo da mão e é isso!

Há relatos sobre acidentes com Spinners, crianças que perderam olhos, cortaram o rosto, as mãos e toda sorte de tragédias internetísticas que vocês possam imaginar. Confesso que nem cliquei para verificar a veracidade das notícias mas acredito que, assim como um simples Lego ou uma peça de quebra-cabeças pode machucar se não brincado “direito” o Spinner também pode!

Aqui em casa, recomendei ao Pedro e a Catarina que evitassem girar o brinquedo muito próximo ao rosto, que não soltassem em direção a ninguém e também escolhemos formatos de Spinners que não possuem pontas ou hastes.

Ainda sobre os modelos, há várias versões! No Brasil é mais complicadinho de encontrar e também mais caro! Nós achamos em uma loja de games no shopping!

Você pode encomendar na Amazon ou AliExpress, lá fora custa a partir de U$ 2.00 e aqui no Brasil, á partir de R$ 25,00.

 

spinner

Os básicos…

spinner

Algumas pessoas dizem que o brinquedo é terapêutico porque é realmente uma delícia ficar observando ele girar e tentar manter a rotação enquanto se movimenta as mãos e os dedos. Dizem que o barulhinho que ele faz também acalma, eu sinceramente nunca ouvi barulho nenhum, ou não prestei atenção!

Depois que se aprende a girar da maneira básica (é muito fácil mesmo) a graça consiste em tentar realizar manobras com ele, como passar de uma mão para a outra sem parar de girar, tentar equilibrar com um dedo só, na ponta do joelho, na ponta do nariz…

Achei este videozinho bem legal com algumas manobras para se ter uma idéia:

E é isso! Nada de polêmicas, é só um brinquedo que virou modinha! Não vai viciar ninguém, não é assassino, não é “remédio” para déficit de atenção e nem nada disso. Apenas diverte!

Recomendo para crianças a partir de 7 anos, os modelos com led tem partes que se soltam e podem ser engolidos pelos menores (ou pelos irmãos deles! rs) e os modelos tradicionais, são mais pesadinhos e podem machucar o pé se caírem de mau jeito.

Como qualquer outro brinquedo e brincadeira, sob supervisão é sempre muito mais seguro e quer saber de uma coisa? Achei muito mais bacana vê-los brincando com isso, entretidos e concentrados nos movimentos e equilíbrio do que abduzidos pelos celulares e televisão! #prontofalei

Já conheciam?

Bjs! ;)

Deixe seu comentário

Comentários

3 comentários via blog

  1. Lilian comentou em

    Não conhecia. Meu filho pediu. Vi alguns amiguinhos dele brincando com uns cheio de luzinhas, hehe. Vim pesquisar e achei sua explicação.
    Vou ver se compro da China, mais uma porcariazinha que logo fica solta pra lá e que nos torra uns trocos!

  2. Miriam Oliveira comentou em

    Texto escrito de forma clara e esclarecedora. Ganhou uma fã, Loreta.

    Abraço

    1. Loreta Berezutchi respondeu Miriam Oliveira em

      Obrigada pelo carinho, Miriam! Bjs! ;)