Categorias Passeios e Viagens

Férias em São Paulo: que tal levar as crianças para pisar em uvas?

Este ano, por causa da mudança de casa e tudo mais, vamos passar as férias em São Paulo mesmo. Mas isto não significa que não vamos nos divertir muito!

O que não falta na nossa cidade (e cidades próximas) são opções de lazer e diversão para todas as idades! E pensando numa experiência super diferente para toda a família, demos a largada nas diversões indo participar da pisa da uva na Quinta do Olivardo!

A Quinta do Olivardo fica na região de São Roque, bem pertinho da capital (menos de 100km), na famosa Rota do Vinho. A quinta, que é produtora de vinhos e suco de uva com plantação própria, oferece a oportunidade de embarcar para Portugal e suas tradições sem nem precisar sair do Brasil.

Quinta do olivardo

De janeiro a fevereiro, época de colheita da uva, a Quinta do Olivardo oferece a oportunidade de uma imersão na cultura portuguesa de lá do início dos tempos, com músicas típicas, trajes típicos, comida boa e muita diversão!

O embarque para a “terrinha” já começa na entrada da Quinta! Em meio às parreiras, uma verdadeira vila portuguesa com comidinhas típicas, mesinha, lojinha, armazém, restaurante e brincadeiras já dão a dica de que você vai querer mesmo passar o dia por aqui.

Quinta do olivardo

O clima de Portugal é embalado por música típica e fados portugueses, que te fazem querer cantar e sorrir o tempo inteiro! Além disso, ainda há a possibilidade de passeio a cavalo, brincar numa tirolesa gigante, passear de pedalinho e no parquinho.

Tudo pra você passar um dia inteirinho se divertindo muito por lá!

Mas estávamos lá para a pisa da uva, certo?

Assim que chegamos, fizemos um check in infantil onde as crianças foram identificadas com pulseiras e crachás e ganharam seus “trajes típicos”: boina para os meninos e lencinho na cabeça para as meninas.

Quinta do olivardo

Depois, as crianças são divididas em grupos por idade e por monitores e seguem em direção às parreiras, sendo guiados por “trabalhadores” com trajes típicos, instrumento musicais, bandeiras e muita cantoria. Iguaizinho antigamente!

Com suas tesourinhas e cestinhas, as crianças vão colhendo as uvas direto das parreiras. E elas estavam lindas e docinhas, impossível resistir!

 

Depois da colheita, as uvas são despejadas no lagar, uma espécie de tanque de pedra onde elas serão pisadas até escorrer pela bica e serem processadas para virarem vinho e suco.

Tudo isso com muita animação e cantoria típica ao vivo! A alegria é simplesmente contagiante!!

Depois de tanto trabalho, é hora de comer, né? O restaurante da Quinta oferece o famoso bacalhau português nas mais deliciosas variações.

Bacalhau à Lagareiro! Delicia!!

E para as crianças, há a opção de menu Kids com frango ou carne, o almoço das crianças está incluso no ingresso para participar da pisa além disso, eles ganham canecas para tomar suco de uva a vontade o dia inteiro!

E depois do almoço é impossível resistir aos doces portugueses! Nós fomos de rabanada com sorvete e é claro, o pastelzinho de Belém!

Pastel de Belém! Apenas maravilhoso!

Quem curtiu a idéia e quer ir lá conhecer também, ainda dá tempo de participar da pisa em família! Ela acontece em todos os sábados de janeiro e no primeiro de fevereiro!

Presta atenção nas infos:

Quinta do Olivardo

km 4 da Estrada do Vinho, São Roque, SP, acesso pelo km 58,5 da rodovia Raposo Tavares (SP – 270)

Dias 13, 20 e 27 de janeiro e 3 de fevereiro

horario: das 10h30 às 16h30

Valores: R$ 220,00 com almoço incluso. Crianças até 8 anos não pagam e até 12 anos pagam meia.

Reservas: (11) 4711-1100 ou (11) 4711-1923

Nós amamos a experiência e recomendamos muito esta imersão cultural e gastronômica tão pertinho de São Paulo! Obrigada ao Olivardo e toda a sua família por todo o carinho e atenção com cada um dos visitantes da quinta. Isso faz toda a diferença!

Bora pisar na uva?

bjs! ;)

Deixe seu comentário

Comentários

1 comentário via blog

  1. Bruna Francine comentou em

    Ual! Amei a dica! Lara vai amar. Somos de Itu-SP, super perto de São Roque.

    Adorei o post. Obrigada por compartilhar a experiência.

    Grandes beijos.

    jovensmaesblog.blogspot.com