Categorias Passeios e Viagens

Especial Gramado: Roteiro para 3 dias

Quem está acompanhando o blog, já sabe que estou fazendo um Especial Gramado contando tudo sobre a viagem que fizemos para lá no começo do mês passado, né?

Se você perdeu, clica neste link AQUI para ver todos os posts que já saíram!

Como prometido, hoje um post com o nosso roteiro de 3 dias e as atividades que fizemos por lá. Antes de colocar a agenda aqui, deixa eu explicar como e por que montei este roteiro!

Nós chegamos a Gramado de carro indo de SP então, “perdemos” 1 dia e meio na estrada para ir e para voltar e por isso, só tivemos 3 dias para curtir Gramado e Canela. O que é muito pouco!

A região tem muito a oferecer e se nós estivéssemos de férias mesmo, teríamos ficado por lá pelo menos 5 dias tranquilamente! Tem muita coisa para ver e fazer mesmo!

Como eu teria apenas 3 dias planejei o nosso roteiro considerando as distâncias e as atrações que as crianças queriam muito conhecer + as atrações que eu não podia abrir mão. Outra coisa que sempre pesa na hora de decidir os passeios é a idade das crianças, claro!

O Pedro e a Cacá já estão maiorzinhos e por isso, conseguimos passar o dia inteiro “na rua” sem grandes preocupações pois, eles já comem de tudo, usam o banheiro normal (não há necessidade de trocar fraldas e roupas) e também, não tiram sonecas a tarde ou precisam de descansos maiores, sabe?

Quando contei para as crianças que iríamos para Gramado e abri o leque de opções de passeios, eles se apaixonaram pelo parque Snowland, era uma atração que não dava para perder e que, como seria um passeio mais demorado, determinou o restante dos passeios.

Eu queria muito ir conhecer o Parque do Caracol e  o Lago Negro e assim, deixamos um dia inteiro só para os parques. No fim, apesar de eu ter certeza que ainda quero voltar e fazer mais coisas, visitamos muitas atrações bacanas e voltamos de lá encantados com tudo!

Então, tudo explicadinho, olha só nosso roteiro:

Dia 1 – Chegada

Chegamos no hotel Casa da Montanha por volta de 14h e depois do check in, de conhecer o quarto e largar as malas, fomos visitar a cidade. O hotel está na avenida principal de Gramado e por isso, caminhando dava para conhecer tudo!

Se você também ficar nesta avenida e neste hotel, pode fazer o mesmo passeio com as crianças, para as menores recomendo levar um carrinho!

Visitamos:

Praça da Matriz São Pedro

roteiro gramado

roteiro gramado

Rua Coberta

Lojas de Chocolate

gramado

roteiro gramado

roteiro gramado

Parquinhos

Festival de Cinema de Gramado

roteiro gramado

Voltamos para o hotel, um banho bem relaxante e voltamos para jantar na cidade caminhando mais uma vez. Eu queria muito experimentar um rodízio de fondue e no nosso passeio á tarde, muitos promotores de restaurantes nos pararam para apresentar suas casas e convidar para o jantar.

gramado

Acabamos escolhendo o Alpine La Table (Av. Borges de Medeiros, 2959) porque tinha boas notas no TripAdvisor e o preço estava bacana (comparado aos outros). Comer em Gramado é bem caro e como as crianças já estão grandinhas (Pedro 9 anos e Cacá, 7 anos) alguns restaurantes queriam cobrar preço cheio deles o que não é justo, já que os 2 comem por 1 adulto!

O jantar foi agradável e estava gostoso, pelo preço que pagamos, esperávamos MAIS, mas ok, eu voltaria lá e por isso recomendo!

Dia 2 – Snowland e Mini Mundo

Como o passeio mais esperado era o Parque Snowland, reservei o dia seguinte para ele logo cedo. Eu havia pesquisado que por lá era melhor chegar cedo para evitar filas e curtir mais a montanha de neve.

Vou fazer um post específico com todos os detalhes do Snowland mais pra frente, mas se você quer incluir este passeio no seu roteiro, eu recomendo para crianças a partir de 1 ano! Lá dentro é bem frio, é como se você entrasse em uma geladeira e na parte da neve, as temperaturas estão sempre abaixo de zero por isso, é melhor levar uma roupa bem quentinha!

snowland gramado

snowland gramado

Ficamos no Snowland por 4 horas e de lá, seguimos para o MiniMundo! Como a galera estava sem fome já que tinha tomado um belo café da manhã no hotel e comido umas besteirinhas no Snowland, fomos para o MiniMundo para fazer um passeio mais tranquilo e descansar as pernas!

O MiniMundo é recomendado para todas as idades, além das maquetes que reproduzem cidades e pontos turísticos do mundo todo, tem 2 parquinhos bacanas para as crianças com área de descanso merecido para os pais!

Mais pra frente vai ter um post específico sobre o MiniMundo e todos os detalhes!

minimundo gramado

minimundo gramado

A idéia inicial deste dia era encerrar as atividades por aqui mas, como o passeio no MiniMundo é bem curtinho, decidimos seguir para Canela para visitar a famosa e linda Catedral de Pedra.

Antes de chegar em Canela, paramos no Café Colonial Bela Vista e valeu muito a pena! O preço é bem caro mas, se vocês estiverem com muita fome (como era o nosso caso) vai valer por um almoço e jantar!

cafe colonial bela vista

Depois de nos esbaldarmos no café colonial, seguimos sem pressa para a praça da Catedral de Pedra em Canela, passeamos por ali, descansamos e contemplamos o pôr do sol em um céu azul incrível!

Canela também é uma delícia para caminhar nas calçadas enfeitadas de Páscoa, com banquinhos, playgrounds, vielas, lojinhas…

catedral de pedra canela

Voltamos para o hotel acabados e decidimos jantar por lá mesmo! No Casa da Montanha você tem 2 opções de restaurantes para comer: o La Caceria e o Bistrô da Varanda. Fomos de Bistrô já que jantamos bem mais tarde por causa do belo café lá do Bela Vista!

Dia 3 – Parque do Lago Negro e Parque do Caracol

Fizemos check out do hotel logo depois do café da manhã e seguimos para o Parque do Lago Negro! Eu já havia pesquisado e sabia que não era um parque tão grande por isso, achei que tudo bem colocá-lo no mesmo dia em que visitaríamos o Parque do Caracol.

Chegando no Lago Negro a surpresa foi perceber como estava lotado e como tinha muitas coisas acontecendo em volta dele! Recomendo muito dar uma passadinha nas lojas de artesanato que estão na frente do parque, os preços são bem bons!

parque do lago negro

Você pode optar por almoçar no restaurante que fica dentro do parque ou na Alemanha Encantada, que fica na rua em frente e tem uma torre tipo a da Rapunzel onde você tem uma vista panorâmica da cidade.

Apesar de termos planejado almoçar por lá, o pessoal estava sem fome (o café da manhã do hotel ;e muito caprichado!) e por isso, resolvemos seguir para o parque do Caracol.

No Parque do Caracol decidimos não ir aos bondinhos (marido tem medo) já que há um mirante bem bacana para ver a queda dágua. No dia da nossa visita, a escada que dá acesso ao pé da queda d’agua estava em manutenção e por isso, não pudemos descer.

parque do caracol

Fomos passear pelo parque e chegamos no famigerado trenzinho Sonho Vivo! Foi um passeio bem decepcionante e eu fiquei bem brava por ter pagado para isso, me senti enganada!

parque do caracol

Você embarca em uma estação de trem, paga R$ 15,00 por adulto e R$ 10,00 por criança para um “passeio” que dura 8 min e te desembarca em uma “Vila dos Imigrantes” cheia de casinhas cenográficas meio largadas e é isso! Não recomendo mesmo!

Saímos da tal Vila e ficamos felizes em saber que dentro do parque há restaurantes para almoçar. Escolhemos um que fica bem ao lado da estação de trem, comida simples, honesta, preço justo e ambiente gostoso. Depois do almoço, dá pra dar uma cochilada nas redes espalhadas pelos jardins do parque!

O Parque do Caracol também é um bom lugar para comprar artesanato típico e souvernir, logo na entrada você passa pela Feira de Artesanato e os preços são bacanas. Também há no parque uma torre observatório para você ter uma visão “aérea” do parque e região mas, é cobrado á parte e como já estava bem irritada com o trenzinho, resolvi não gastar mais nada no parque!

parque do caracol

Á partir do parque seguimos a Rota do Sol de volta a Balneário Camboriú e de lá, de volta pra casa em São Paulo. Eu deixei o passeio no parque para o último dia porque seria nosso caminho de volta e como eu sabia que as crianças estariam cansadinhas, poderiam dormir tranquilas no carro!

rota do sol gramado

Há muito mais para se fazer em Gramado e Canela e a atração que eu senti falta de não ter conseguido encaixar no roteiro foi o Parque Terra Mágica Florybal. Recebi muitas recomendações sobre o parque para as crianças e passamos em frente dele na ida ao Caracol.

Parece ser realmente muito legal e com atividades para todas as idades, vamos deixar este passeio para a próxima visita com certeza!

Com exceção do Parque do Lago Negro e dos passeios pela cidade, todas as outras atrações são pagas e não são baratas! A dica é comprar com antecedência pela internet nos sites de cada atração ou procurar por ofertas no site O Laçador que é um site de descontos da região.

Para o Snowland você consegue comprar os ingressos com desconto no guichê do Festival de Cinema de Gramado e na cidade há muitos promotores do parque Florybal distribuindo chocolates e vouchers com 20% de desconto nos ingressos. Pra quem está em família, vale a pena!

Abaixo os links das atrações para vocês encontrarem mais informações, apesar de corridos nossos dias em Gramado foram incríveis e nós amamos a cidade sim! Vamos voltar com certeza!

Quem tiver dúvidas, pode mandar que eu respondo e no próximo post, todos os detalhes do parque Snowland!

Bjs!

Links:

Snowland – www.snowland.com.br

MiniMundo – www.minimundo.com.br

Parque Florybal – www.parqueterramagicaflorybal.com.br

Deixe seu comentário

Comentários