Categorias Vida de Mãe

Dica de organização: Cardápio Mensal

Uma das tarefas da vida de mãe que eu considero mais cansativa, é cozinhar para a família! Pensa bem: você é responsável por alimentar todo mundo, por decidir o que precisa ser comprado, como precisa ser armazenado e ainda, se esta comida é “boa” (nutricionalmente falando). É muito trabalho, nénão?

Eu precisava muito de uma maneira de facilitar todo este processo, alguma coisa que me poupasse horas e horas pensando o que fazer para o jantar, que me fizesse comprar no supermercado de maneira mais consciente e assim, econômica e também, queria muito parar de jogar tanta comida fora e por isso comecei a fazer aqui em casa o Cardápio Mensal!

Funciona assim:

Todo início de mês eu olho no calendário quantas segundas, terças, quartas e assim por diante teremos naquele mês. Depois, determino um “tema” para cada dia da semana, por exemplo: segunda-feira é o “dia sem carne”, terça-feira é o “dia da carne vermelha”, quarta-feira é o “dia da massa”, quinta-feira é o “dia do frango”, sexta-feira é o “dia do peixe”, sábados e domingos  são os dias que só o papai cozinha então, deixo mais ou menos planejado coisas que ele gosta de fazer e aperitivos mais descompromissados (churrasco, lanche, pizza…)

Com os temas dos dias definidos eu começo a pensar no cardápio, se terei 4 segundas-feiras no mês, vou precisar pensar em 4 pratos sem carne e assim por diante, dependendo da quantidade de dias da semana daquele mês e o tema de cada dia.

Com os pratos definidos, coloco tudo organizado no cardápio semanal (igual ao da foto aí de cima) e pronto! Este será o meu “guia” da semana e da lista de compras!

Sim porque, o cardápio ajuda a otimizar a lista de compras já que, você vai colocar na lista a quantidade exata de ingredientes e isso vai te ajudar muito a economizar nas compras e vai diminuir o desperdício de comida!

Pra facilitar ainda mais, eu olho no meu cardápio as coisas que posso deixar prontas e congeladas, por exemplo, nós fazemos nosso próprio  molho de tomate caseiro e como sempre tem massa no cardápio, já deixo alguns potinhos de molho congelados. Também separo as porções de carnes na quantidade certa que serão usadas para cada dia da semana e congelo em potinhos, assim na hora de descongelar, eu não preciso fazer a mais e nem corro o risco de ver a comida estragar na geladeira.

Para os legumes e verduras, gosto de comprar aqueles já picados e cozidos congelados in natura. O sabor fica fresquinho, não perde nutrientes e dá para fazer pequenas porções sem perder nada.

Comer mais em casa do que fora, comer mais coisas que cozinhamos do que fabricadas e especialmente, comer sem glúten (por causa da minha intolerância), é um desafio para todas as famílias mas, definitivamente vale muito a pena! Tanto economicamente quanto para a nossa saúde e para a qualidade de vida!

Cozinhar em casa significa a oportunidade de passar um tempo em família, transmitir o que sabemos para os pequenos, aprender com eles, dar muitas risadas, criar laços e guardar memórias afetivas que vão durar pra sempre! <3

Vocês também têm dicas que facilitam a vida corrida de mãe? Compartilha aqui nos comentários ou nas nossas redes sociais!

Bjs! ;)

Deixe seu comentário

Comentários

3 comentários via blog

  1. Sol comentou em

    Uau… excelentes dicas para ganhar tempo e aproveitar mais o pouco tempo que temos em casa. Nós duas, eu e minha amada filha que no dia 09/04 completou 11 aninhos de vida e que já está começando a se interessar pela culinária saudável… Ufa… demorou neh… mas estamos chegando lah… e não foi falta de incentivo, foi a corrida diária de uma Pãe que trabalha fora e corre para ter o maior espaço de tempo possível com seu grande sonho, minha amada filha!Amamos e vamos adotar essa dica lah pra casa, desperdício nem pensar, vamos fazer o nosso cardápio mensal, assim ela anima para comer o que nos duas decidirmos juntas. Amamos esse site, Parabéns!!!

  2. Talita Rodrigues Nunes comentou em

    Dicas simples e práticas assim faz tudo parecer mais fácil! Adorei o post!