Categorias Moda

Começando um Armário Cápsula: JEANS

Quem já me acompanha faz tempo sabe que, fazem quase 2 anos que eu adotei para a minha vida o Armário Cápsula!

Tem muitos posts por aqui falando sobre o que é, por que, como, e dicas de passo a passo. Pra quem perdeu, clica neste link AQUI

E quem também me acompanha no Instagram (vai lá gente! É o @bagagemdemae) sabe que eu sempre compartilho os looks e dicas por lá, né? Também respondo todas as dúvidas do direct e dos comentários por lá!

No mês passado, fui mexer no armário para organizar tudo para a meia estação, tirar as coisas que não usei e não vou usar, lavar e colocar pra tomar um ar  algumas outras… e daí que me lembrei de uma questão que sempre me perguntam: quantas calças precisa ter? Quantos jeans? Quais são os modelos “chave” em um armário cápsula?

Então, como eu sempre digo, não existe um número exato e cristalizado. O armário cápsula é muito mais sobre reduzir e facilitar do que sobre números, sabe? Mas pra facilitar, resolvi compartilhar as minhas calças jeans, as únicas que sobraram no meu armário e que eu uso muito e combinam com tudo!

É claro que, eu tenho outras calças que não são jeans e que fazem parte do meu armário cápsula mas, hoje eu quero focar no que é jeans. Porque jeans é aquilo, né? Ou a gente ama, ou odeia!

E eu não sei vocês mas eu, tinha muitas calças aqui que ás vezes, tinham a mesma modelagem mas mudavam de cor, ou eram da mesma cor mas, mudavam de modelagem e no fim, das 20 calças que eu tinha, eu usava apenas 4, que foram as que ficaram!

Estes meus modelos “eleitos” são aqueles que eu percebi que me deixavam sempre segura ao usar, são confortáveis, são fáceis de coordenar com partes de cima e com sapatos, e podem ser usados em todas as ocasiões.

Skinny

A calça skinny é sem dúvida a coringona do armário! Combina com tudo, é confortável, vai para qualquer lugar e qualquer ocasião, dá pra usar de tênis, chinelo, salto, bota…

O conceito de modelo skinny é aquele em que as pernas da calça ficam bem justinha, fechando nas canelas como um funil. Como o modelo fica bem ajustado, eu prefiro sempre as skinny com lycra e fujo de lavagens como a estonada, que imita o couro mas é muito mais dura e limita movimentos.

Gosto dos modelos em tonalidades jeans mais escuras, não sei explicar mas sou apaixonada por jeans escuro então, você quase nunca vai me ver indicar um jeans mais claro, o que não significa que não dê certo no seu armário, ok?

Skinny black

O conceito ainda é o mesmo, calça bem ajustada nas pernas fechando nas canelas como funil mas, na tonalidade preta ou seja, com o jeans tingido de preto, ela pode ficar mais social.

Ás vezes, você precisa ir para o trabalho ou alguma ocasião mais “formal” e não tem uma calça de alfaiataria, a skinny black super dá certo!

Você pode usar com salto e blazer, terninhos, casacos, blusinhas mais finas, brilho, paetê… e ela continua sendo uma calça skinny que você também pode usar com camiseta e tênis!

Boyfriend

A idéia de jeans boyfriend é que você estaria usando a calça do “namorado” ou seja, ela tem o gancho mais baixo (como nos modelos jeans masculinos), é mais soltinha nas pernas e afunila na canela, mas não muito, não como  na skinny, por exemplo.

A cintura costuma ser sempre “no lugar”, ou melhor, na altura do umbigo e pode ser como  esta minha, que é destroyed (rasgada), ou não!

Eu amo a calça boyfriend porque ela deixa o look mais despojado, é mais larguinha, mais confortável… ao mesmo tempo que você pode usar com all star, se colocar uma sandália de salto vai ficar chique descompromissada! Adoro!

Flare

A calça flare é a minha calça de ficar “arrumadinha”! hehehe

Tem uma modelagem que lembra as silhuetas dos anos 60/70 e costuma ter a cintura alta e ser ajustada até os joelhos e depois, abrem com boca em sino.

Eu sempre acho que ela dá um up no look, deixa a simetria do corpo mais interessante, alonga as pernas e mesmo que você esteja usando com camiseta, vai ficar arrumada! A única coisa inconveniente dela, é que precisa usar sempre com salto.

Pelo menos eu acho, né? Porque como a boca abre em formato de sino, se você estiver com um sapato baixo, a calça vai arrastar no chão e dar a impressão de que está te achatando e daí, o efeito pernas alongadas já era! :/

Eu também prefiro as modelagens em jeans mais escuro e gosto sem lycra porque, os modelos flare com lycra deixam o caimento da calça mais leve e eu prefiro que, neste caso, ela seja mais pesada e reta, sem muita mobilidade, sabe?

Pra quem precisa de uma ideia de número de peças, uma boa proporção é imaginar que para cada parte de baixo você tenha 5 partes de cima. Se você estiver fazendo isso bem certinho, vai perceber que as partes de cima são cambiáveis ou seja, cada parte de baixo tem 5 partes de cima mas, você pode trocar estas partes de cima porque tudo coordena com tudo.

Seguindo esta linha de raciocínio, se eu tenho 4 calças jeans com 5 partes de cima para cada, teria um total de 20 peças. Dá pra começar a organizar o armário cápsula por aí! ;)

Vou mostrar lá no instagram as minhas outras partes de baixo, as calças que não são jeans e também fazem parte do meu “acervo” e dá pra usar em todas as estações do ano! Aproveita pra ir me seguir lá e quem tiver dúvidas, manda por aqui ou por lá que eu vou juntando tudo e faço post depois, ok?

Quem também está fazendo o armário cápsula? Me mostrem suas escolhas para esta nova estação!

Bjs! ;)

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Comentários