Categorias Receitas

Ceia para crianças: o que oferecer antes de dormir

Por Paola Preusse,

alimentação e sono da criança

Café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia. Ceia? Sim! a ceia é uma das refeições “normais” do dia, aquela feita algumas horas depois do jantar antes de dormir. Mas o que será que devemos comer nesta refeição? O que as crianças precisam comer antes de dormir?

Muito mais comum do que deveria ser a maioria dos bebês e crianças fazem todas as suas refeições na escola por causa da necessidade dos pais em trabalhar fora. Por mais que a escola tenha o melhor e mais adequado cardápio, por uma questão de logística os horários das refeições são totalmente diferentes da rotina “normal” de uma casa.

A maioria das escolas servem o almoço entre 10:30 – 11:30, pra agilizar a saída e entrada de alunos no período da tarde e o jantar entre 15:30 – 16:30 pra dar tempo de organizar a cozinha pro dia seguinte, carga horária dos funcionários e horário de saída das crianças.

Com este horário, as crianças que almoçam e/ou jantam na escola acabam chegando em casa no horário que seriam destas refeições, e aí? O que fazer? Dar 2 vezes a mesma refeição? Como fazer pra criança criar o hábito de comer em casa e gostar do sabor da comida de casa?  Uma maneira é fazer um lanche em família ao chegar em casa e caprichar nas outras refeições, como o café da manhã.

Pra uma criança que faz o jantar às 16:30 e dorme entre 20:30 – 21:00 existe a necessidade de fazer outra refeição antes de dormir, é aí que entra o lanche da noite ou mais conhecido como ceia. Desta forma unimos o comer em casa com os pais ao hábito desta refeição.

A ceia não deve ser responsável em “encher” o estômago da criança pra ela não acordar durante a noite querendo mamar ou tomar leite e sim, em nutrir e ter os nutrientes que por alguma reação no organismo ajudam a relaxar e preparar o corpo pra noite de sono.

O fato da criança acordar a noite pra se alimentar não necessariamente tem haver com fome, pode ser uma necessidade de aconchego.

Vamos pro lado fisiológico da coisa:

 alimentação e sono da criança

 

– Existem alimentos que são ricos em triptofano, um aminoácido que é percursor da serotonina, que é o hormônio que baixa o estresse do organismo, o tal hormônio da felicidade e bem estar.

Baixando o estresse do organismo, inicia-se o relaxamento e pronto! Podemos (e vamos) dormir melhor.

– Carboidratos complexos (os integrais) estimulam a liberação de insulina que auxilia a remoção na corrente sanguínea de substâncias que competem com o triptofano, ou seja, ajudam na absorção do triptofano.

– Vitamina B6 e magnésio também ajudam na produção da serotonina.

– Quando dormimos, o metabolismo desacelera, por isso refeições pesadas com opções de alimentos gordurosos e de difícil absorção são ruins e atrapalham o sono.

Agora pra simplificar, veja só os alimentos que são fonte de cada nutriente que falei acima, assim fica mais fácil escolher e elaborar o cardápio da ceia:

 

alimentação e o sono da criança

 

Olha só uma opção de cardápio:

alimentação e sono da criança

 

Além de saber o que oferecer antes de dormir é importante saber o que temos que evitar:

– Carboidratos simples: pão simples, açúcar refinado são exemplos clássicos.

O carboidrato simples quando entra no organismo dá um “boom” imediato de energia, com isso atrapalha a função indutora de sono do triptofano.

– Cafeína: presente nos chocolates, alguns refrigerantes, chás pretos, é um estimulante, aumenta a adrenalina no organismo e interfere diretamente no sono.

– Gorduras: são de difícil absorção e atrapalham o processo do sono.

Espero ter ajudado!

Boa noite pra todas as crianças e mamães!

Beijos,

Paola

PS: Este post foi escrito por mim e publicado originalmente no Maternidade Colorida.

Deixe seu comentário

Comentários