Categorias Vida de Mãe

7 Dicas para não errar na hora de registrar o nome do bebê

certidão de nascimento

O registro do nome do bebê é feito no Registro Civil das Pessoas Naturais e é comum

surgirem dúvidas a respeito. Para evitar erros nesse momento, confira as dicas que

preparamos a seguir:

1. Atenção aos documentos exigidos para o registro civil

No hospital ou maternidade onde nasceu a criança, será entregue aos pais a

Declaração do nascido Vivo (DNV). Esse documento será necessário para o registro,

além dos documentos de identificação dos pais da criança, como RG ou carteira

profissional. Quando os pais são casados, a certidão de casamento também é

solicitada.

2. Não deixe passar o prazo para comparecimento ao cartório

O prazo legal é de até 15 dias após o nascimento do bebê, no caso de o pai ser

declarante. Para a mãe o prazo é de até 60 dias. Quando os pais moram longe do

cartório (mais de 30 km), o prazo é estendido para 90 dias. Se o registro não for feito

no período estipulado, o registro só poderá ser feito no cartório referente à residência

dos pais, havendo também a necessidade de duas testemunhas.

3. Escolha um nome que não receba interferência do cartório

Segundo a lei, os oficiais do registro civil podem se recusar a registrar nomes de bebês

que acabem expondo a criança ao ridículo. A exceção fica por conta de nomes que

remetem à tradição indígena, mesmo que não sejam muito comuns. Por isso, evite

escolher nomes com significados ou pronúncias que possam causar futuro

constrangimento para o seu filho.

4. Casos especiais onde o registro é feito pelos parentes da criança

A prioridade para o registro de nascimento é sempre do pai e da mãe. Mas, caso não

possam comparecer ao cartório por algum motivo, é possível que o registro seja feito

pelo parente mais próximo, maior de idade. Nesse caso, é preciso que seja feita uma

procuração especial, contendo o nome dos pais e também o nome que será dado ao

bebê.

5. O que fazer quando os pais são menores de 16 anos

Quando os pais do bebê são adolescentes, com menos de 16 anos, é necessária a

representação dos pais ou seus responsáveis legais no cartório, com documentos que

comprovem o grau de parentesco. Caso contrário, não poderá ser feito o registro da

criança.

6. Não há necessidade de pagar taxas

Não existe nenhuma taxa para registrar o nome da criança, sendo um procedimento

totalmente gratuito. Há maternidades onde a certidão pode ser tirada através de

plantonistas do cartório. Dessa forma, a criança já sai com a certidão.

7. Documentos no caso de pais separados e mães solteiras

Caso os pais não sejam casados, ambos poderão se apresentar juntos ao cartório para

o registro. O pai também poderá declarar a paternidade e nascimento apresentando a

Declaração de Nascido Vivo (DNV) ou somente a mãe, que deverá ter uma procuração

constando o nome dos genitores do bebê.

Para a mãe registrar sozinha o bebê com o sobrenome do pai, precisa apresentar uma

declaração de reconhecimento de paternidade reconhecido em firma. Caso não tenha

essa declaração, poderá colocar apenas seu sobrenome e o sobrenome do pai ser

incluído posteriormente, a qualquer momento.

Post oferecido por: Gestação Bebê

Categorias Vida de Mãe

Dicas de segurança no Carnaval

E aí, já decidiram como vão curtir este Carnaval? Se vocês estão pensando em participar de bloquinhos e bailinhos com as crianças, dá uma olhada nestas 6 dicas de segurança no Carnaval que eu separei com a ajuda da ong Criança Segura:

1. Verifique onde será a festa e esteja atento aos detalhes

Antes de sair correndo atrás do trio elétrico e se jogar na festa sem preocupação é preciso estar atento a alguns detalhes. Para isso, pense sobre onde vai ser a folia: na rua ou no salão? 

Em um salão, é preciso observar se o piso é escorregadio, se o acesso às escadas é protegido por uma porta ou portãozinho, se as janelas possuem telas ou grades, etc. Já na rua, verifique se o local está fechado para o acesso de carros, por exemplo. Para garantir a segurança dos pequenos, cada situação deve ser observada a partir de suas especificidades. Mas, o mais importante é a supervisão constante de um adulto, que deve ficar sempre alerta a qualquer sinal de perigo.  

segurança no carnaval

2. Com que roupa eu vou? Atenção aos detalhes pode evitar sustos 

Seja com alguma fantasia ou só com uma roupa bem leve, para se divertir muito na festa sem ter preocupação é importante prestar atenção em alguns detalhes da roupa que a criança irá usar para garantir que ela não se machuque. Evite roupas com cordões ou o uso de correntes no pescoço, pois eles podem se prender em algum lugar e causar estrangulamento. Também fique atento a botões e pequenos ornamentos, que podem se soltar e ser engolidos pela criança, causando sufocação.

segurança no carnaval

3. Cuidado com os sapatos

Carnaval é para correr, pular, dançar e brincar. Por isso, muita atenção ao calçado da criança para evitar quedas. Sandálias devem ser seguras e firmes nos pés e tênis precisam ficar com os cadarços sempre muito bem amarrados.  

Uma boa ideia é se inspirar nessa iniciativa de uma professora que foi aluna de um curso da Criança Segura e trocar os cadarços dos sapatos por elásticos coloridos. Essa dica dá um charme a mais à fantasia, não acha?  

cadarço de silicone

Aqui em casa usamos os cadarços de silicone! ;)

4. Atenção para evitar intoxicação e engasgamento 

Confete, serpentina, espuma, tatuagens temporárias, tinta e glitter. Tudo isso pode ser usado para aumentar a diversão dos pequenos durante a folia. Porém, os responsáveis pelas crianças devem ficar atentos para evitar casos de intoxicação e sufocamento. Observe se os produtos que serão utilizados na folia são atóxicos e hipoalergênicos e evite deixar a criança entrar em contato com artigos de procedência duvidosa, sem selo do Inmetro ou sem aprovação da Anvisa. Além disso, explique para as crianças porque elas não devem colocar confete na boca, enrolar a serpentina no pescoço ou brincar de jogar espuma nos olhos e na boca de outras pessoas. Assim a brincadeira é garantida e segurança dos pequenos também. 

5. Alalaô ôôô ôôô, mas que calor ôôô ôôô! Não se esqueça de oferecer alimentos leves e bastante água para as crianças durante a festa

Curtir o Carnaval com os pequenos e permitir que eles corram, pulem e brinquem livremente, além de garantir lindas lembranças e boas histórias para contar, é ótimo para o desenvolvimento das crianças e sua socialização. Mas, devido às altas temperaturas que costumam fazer nessa época do ano, é importante que os responsáveis pelas crianças não se esqueçam de oferecer água constantemente para meninos e meninas para evitar desidratação.  

Além disso, é importante que as crianças ingiram alimentos leves. Mas lembre-se: na hora de comer é melhor que a criança esteja parada e calma, para que ela mastigue bem e devagar os alimentos, evitando, assim, engasgamento.

6. Esteja de olho para não perder ninguém por aí!

No meio do bailinho, da farra e alegria é só tirar os olhos por 1 minuto e pronto, a criança pode sumir! Um jeito de precaver estes sustos é usar pulseiras de identificação nas crianças e conversar previamente para combinar o básico: ficar sempre por perto, não sair andando com outras crianças ou estranhos e para os mairozinhos, combinar um ponto de encontro sempre!

Com estas dicas, seja na rua ou no salão com certeza o Carnaval de vocês será de muita alegria e lindas memórias da infância para sempre!

Bjs! ;)

Categorias Cinema&Cultura, Vida de Mãe

Dicas para fotografar melhor com o celular

Ano passado eu fiz um cursinho para aprender o básico de fotografia, tenho ficado bem feliz com os resultados de minhas novos fotos e daí, resolvi compartilhar com vocês algumas dicas para fotografar melhor com o celular!

Eu sempre amei fotografia, mas nunca fui muito “boa” nisso! Sempre achei que era preciso muito estudo, muito equipamento e muita dedicação para conseguir alguns cliques bacanudos!

Claro que, eu continuo super amadora e estou longe de ser uma profissional! Sou apenas uma mãe maluca por registrar todos os momentinhos dos meus filhos e as coisas que vejo por aí.

E descobri que com um bom celular, é possível tirar fotos bonitas sim! Eu uso um IPhone 6 e a primeira coisa que aprendi foi a configurar as opções da câmera para me ajudar a tirar melhores fotos!

Se você também usa um IPhone, faça este ajuste simples aqui:

ajuste camera iphone

1 – Vá em Ajustes – Fotos e Câmera

ajuste camera iphone

2 – Ative a opção Grade.

Esta opção vai fazer a sua tela da câmera aparecer assim:

ajustes iphone

Estes quadrados que você vê na tela agora, vão te ajudar a posicionar melhor os elementos a serem fotografados. Eles são chamados de Regra dos Terços.

Muito resumidamente, a Regra dos Terços existe para te ajudar na composição fotográfica. Ela consiste basicamente em dividir a sua cena em 9 quadrados e te ajudar a posicionar o foco principal da foto sempre nas intersecções das linhas:

regra dos terços

regra dos terços

O ponto de destaque da imagem vai estar sempre começando e terminando dentro das intersecções e nunca solto no meio de um quadrado. Esta regra foi criada com base em muitos estudos que comprovam que é esteticamente mais confortável aos olhos visualizar a imagem assim.

Ou seja, se você tiver os elementos bem posicionados dentro da cena fotografada, conseguirá prender a atenção de quem olha. Olha este exemplo de foto:

regra dos terços

O foco principal nesta foto, ou a emoção que eu queria que ela transmitisse, era o fato de estarmos lendo juntos. Eu e o Pedro estamos nos pontos de intersecção e é o que você vê primeiro na imagem, a Cacá e toda a livraria complementam o cenário.

Claro que, não é porque você tem esta “regra” que não pode fotografar fora destes benditos encontros de linhas. Você também pode focalizar os elementos dentro das linhas e assim, passar outras emoções com a imagem:

regra dos terços

Aqui, o Pedro e a Cacá estão centralizados na última linha porque a minha intenção com a foto era destacar a imensidão do mar e do céu mediante aos 2 pequeninos e por isso, o mar e o horizonte estão nas linhas superiores e dentro das intersecções.

Depois que você se entender com o enquadramento da sua cena, saiba que o seu celular permite ajustar o foco. Ou seja, você pode enquadrar e melhorar o foco de luz em cima daquilo que você quer destacado na cena.

Para acionar o foco, basta que você toque com o dedo na tela onde deseja que ele seja melhorado. Vai aparecer um quadrado amarelo assim:

ajustes camera iphone

Tá vendo este solzinho ao lado do quadrado? É ali que você ajusta a luz no seu foco, continue segurando no quadrado e deslize o dedo para cima e para baixo para ajustar.

Além de ajustar a luz, ao travar o foco segurando com o dedo por alguns segundos nele, você consegue aquelas fotos em que o fundo fica embaçado, sabe?

dicas para fotografar com o celular

Aqui, eu travei o foco em uma gota de chuva na janela e tirei a foto. A água ficou em primeiro plano e o fundo todo desfocado!

Outros recursos do IPhone permitem que você selecione se deseja tirar a foto no tamanho quadrado (ideal para Instagram e redes sociais), foto normal (mais horizontal), panorama (você segura de um ponto, desliza o celular e tem uma imagem como de uma grande angular), vídeo (para fazer vídeos), Time Lapse (que faz o efeito de filme acelerado) e câmera lenta (que desacelera).

Eu sempre uso a câmera no quadrado porque, a maioria das fotos acabam indo para o Instagram ou Facebook e este formato é o melhor para estas redes. Já deixo ele configurado pra não correr o risco de bater uma foto corrida e sofrer porque não estava no tamanho certo!

As outras configurações da câmera que são interessantes de conhecer são:

HDR

Se você deixar ele selecionado, ele tirará uma sequência de fotos daquela imagem que você escolheu e selecionará a quem tem melhor luz, exposição, contraste…

ajustes camera iphone

Para seleciona-lo basta tocar nele na tela e depois tocar em “com”, “sem”, ou “auto”(automático). O mesmo vale para a função flash que, como você já deve saber, é este símbolo de raio lá em cima. Você toca nele e depois escolhe se vai com, sem ou se deixa no automático!

Timer

O IPhone tem um recurso bem bacana de timer que permite que você ajuste e tire fotos de você mesma ou programe para o ambiente.

ajuste camera iphone

Para usar este recurso, você vai tocar no ícone do relógio e depois escolher se quer 3, 5 ou 10 segundos. Depois de selecionar o tempo, basta apertar no botão de disparo da câmera, a contagem regressiva aparece na tela e nos últimos 3 segundos há um bipe para avisar que vai bater!

ajustes camera iphone

Esta é uma foto que foi tirada com a câmera frontal no timer!

Filtros

A câmera do IPhone também oferece alguns filtros que você pode selecionar antes de bater a foto!

ajustes camera iphone

Basta tocar nas 3 bolinhas no cantinho á direita e a paleta de filtros se abre. Você seleciona qual delas deseja usar e pronto, o filtro já está na câmera!

Eu gosto de usar este recurso para fazer fotos em preto e branco direto, sem passar por aplicativos, sabe?

ajustes camera iphone

Esta foto foi tirada com o filtro Noir!

Depois de aprender pra que serve cada uma das coisas da câmera, é hora de sair montando as suas composições fotográficas. E se tem uma coisa, ou melhor duas coisas, que eu aprendi que são essenciais para uma boa foto são: luz e enquadramento!

Nada nunca vai substituir a luz natural então, tenha paciência e procure por ambientes onde a luz do sol esteja boa, bonita, aberta ou de acordo com o que você precisa para a foto.

dicas para fotografar com celular

Esta foto foi tirada com a luz natural da manhã, em cima da cama!

dicas para fotografar com celular

Aqui, nós nos sentamos ao lado da porta de vidro da sacada, ajustamos o celular no timer e o colocamos no chão, depois nos posicionamos para aparecer na tela!

Depois que você aprende sobre a Regra dos Terços, fica mais fácil “visualizar” as fotos que você quer fazer quando você olha para os cenários/situações/pessoas. Mas como eu disse lá em cima, nem sempre a imagem vai ficar exatamente enquadrada dentro das intersecções e um jeito bacana de fugir disso é usar a simetria!

Composições com simetria fazem com que a imagem ganhe perspectivas diferentes e daí, você pode usar tudo: linhas de trem, estradas, linhas na parede, no teto, janelas, portas, quadrados…

dicas para fotografar com celular

Um clássico da simetria é usar o chamado “ponto de fuga”, quando as linhas paralelas parecem se encontrar no horizonte dando a sensação de profundidade.

dicas para fotografar com o celular

Observe que nas 2 fotos nós estamos exatamente no meio da foto, o que não seria legal se o cenário não tivesse esta simetria!

dicas para fotografar com celular

dicas para fotografar com o celular

Mais 2 exemplos de simetria: na primeira foto, a linha da madeira faz o seu olhar ir direto na Cacá, que já está em evidência porque está dentro dos pontos de intersecção mas, também te direciona para o que está atrás dela. Na segunda foto, as linhas do piso e da piscina te levam direto ao Pedro, que está centralizado na foto.

Outro recurso legal é usar o cenário como moldura da foto, isto faz com que quem vê a foto concentre sua atenção no foco principal que você deseja destacar:

dicas para fotografar com o celular

Aqui o Pedro está emoldurado pela própria varanda, não tem como você olhar para a foto e se perder em qualquer outro ponto dela.

dicas para fotografar com o celular

Aqui, as pedras e as árvores fazem a moldura da foto e o rio dá a simetria guiando o olhar de quem vê a foto para “descobrir” o que é que está lá no horizonte dela.

Legal, né?

 

Quem gosta de zapear no Instagram com certeza já viu estas técnicas por lá, e outra bem popular é a do minimalismo:

dicas para fotografar com celular

Se você imaginar os quadrados da regra dos terços, vai ver que a Cacá ainda está posicionada neles e além disso, não há nada que atraia o olhar além dela (e não tô dizendo isso porque ela é simplesmente uma princesa, mesmo! hahaha). O truque aqui é fazer com que a imagem tenha o mínimo de interferência assim, os olhos passeiam por toda a foto e a única coisa que encontram é o elemento principal da imagem!

Certeza que você já viu fotos de blogueiras de moda num paredão, produtos dispostos em um fundo simples branco…

Aliás, por falar em fotos para o Instagram, uma coisa que facilita muito a ter imagens mais simples e bonitas é sempre visualizar  a sua composição em formato “flat”, ou seja, quadrado e achatado, com limites bem definidos.

Dá pra brincar bastante com este tamanho dependendo do ângulo que você usar e isto é outra coisa que eu aprendi: abuse dos ângulos e pontos de vista! Abaixe, suba, entorte, mova a câmera, não tenha medo nem preguiça!

dicas para fotografar com celular

dicas para fotografar com o celular

A mesma foto, 2 ângulos diferentes! Na primeira, eu tirei a foto de cima abaixando apenas a mão, sem me abaixar. Na segunda, eu me sentei no chão e posicionei o celular no chão também!

As fotos nunca saem maravilhosas de primeira, eu tiro muitas, testo vários ângulos e posições, espero, tento interferir o mínimo possível na cena (para casos de fotos com as crianças) e uso sempre recursos de edição.

Seja para coisas simples, como cortar um pedaço que eu não gostei ou ajustar o ângulo que ficou torto, ou para outras coisas como clarear, destacar cores, desfocar o que não quero que apareça…

Atualmente meus 3 apps prediletos são:

Snapseed

É o meu predileto para corrigir luz, sombras, cores, contrastes…

aplicativos para foto

Facetune

Ele é ótimo para desfocar partes que você não quer que apareça na foto, destacar cores ou objetos na imagem e corrigir “falhas” como olhos vermelhos, pele, olheiras e afins…

aplicativos para fotos

PicLab

É o aplicativo para colocar texto e imagens mais “clean” nas fotos!

aplicativos para fotos

Picsart

É o mais completo de todos! Você pode fazer ajustes de luz, cores, corte, incluir texto, imagens, desenhar em cima da foto, usar efeitos diferentes… Foi com ele que fiz as fotos com marcações deste post!

aplicativo picsart

Nesta foto eu usei um efeito que se chama bokeh lá no Picsart! E aqui um exemplo de fotos onde eu usei todos os aplicativos e técnicas:

dicas para fotografar com celular

A escada me ajudou com a simetria da foto, centralizei o Pedro e a Cacá na linha central da Regra dos Terços onde a luz era melhor! Usei o Snapseed para clarear ainda mais e destacar as cores da grama em volta, o Facetune borrou o nome da escola no uniforme, na foto postada no Instagram ainda tem um texto e desenho que foram feitos no PicLab!

dicas para fotografar

E se você também gosta de ver aqueles feeds bem bonitos e harmoniosos no Insta, saiba que o truque é manter sempre os mesmos ajustes de luz ou filtro. Você pode começar assim: tire uma foto que você gosta, ajuste tudo do jeitinho que você amou e anote estes ajustes depois, tente usar sempre os mesmos ajustes em todas as fotos.

Por exemplo, se você prefere ser mais prática e usar os filtros do próprio Instagram lembre-se de usar sempre o mesmo. As fotos não vão ficar sempre iguais, claro, mas vão sempre ter a mesma tonalidade, pontos de luz, etc.

Quem ajusta manualmente pode ficar perdidinha com os termos então, aqui vão os principais e para que servem:

Brilho – Clarear

Exposição – aumenta ou diminui a luz na foto

Contraste – aumenta as sombras e define melhor os elementos

Saturação – diminui ou aumenta a vivacidade das cores

Temperatura – deixa os tons mais frios ou mais quentes

Como eu disse lá no começo, eu sou apenas uma mãe fotógrafa amadora de filhos e tudo isso que tô compartilhando aqui é fruto de experiências, estudo e pesquisa então, por favor, fiquem a vontade para me corrigir, dar mais dicas ou compartilhar comigo outras dúvidas!

O post ficou gigante e ainda nem cabe aqui tudo o que eu gostaria de falar sobre fotografia, estou amando cada dia mais este universo e conforme eu for descobrindo mais coisas, volto aqui pra contar pra vocês!

Enquanto isso, vocês podem me acompanhar lá no Instagram né? Já estão seguindo? É o @bagagemdemae vão lá!

Bjs! ;)

Categorias Vida de Mãe

9 Truques Secretos de Mãe

Já reparou que toda mãe tem uma dica ou um truque pra ensinar quando você se queixa ou pergunta alguma coisa? O que eu aprendi neste universo da maternidade é que, nem todas as dicas e truques funcionam pra todo mundo mas, quando eles dão certo para a grande maioria das pessoas devem ser repassados!

Reuni aqui 9 truques secretos de mãe, que funcionam na maioria das vezes e são sempre repassados de mãe para mãe. Anota aí:

unha do bebe

Corte a unha do bebê quando ele estiver dormindo!

Se o seu bebê é daqueles que não param quietos, choram e não deixam você cortar as unhas ou mesmo se você morre de medo desta tarefa por conta dos dedinhos tão pequeninos dele, espere ele dormir e corte com calma!

como trocar fraldas

Tenha uma fralda de pano para se proteger na troca de fraldas!

Se você é mãe de menino, talvez já tenha ganhado de presente um jato de xixi na cara bem na hora que você abriu a fralda para trocar! Acontecia direto comigo!

Perguntei para o pediatra porque o Pedro fazia isso e se era normal que os meninos fizessem, se havia alguma explicação científica. Ele me disse que não havia explicação mas, que era bem recorrente então, pra deixar de levar xixi na cara, passei a ter sempre uma fraldinha de pano no trocador assim, ao abrir a fralda descartável eu já cobria o pipi e pronto!

talco para remover areia

Use talco para remover a areia da praia!

Mais simples e com menos sujeira do que usar lencinho umedecido ou água, é usar talco de bebê para remover a areia da praia das mãos e pezinhos dos pequenos. Tenha sempre na sua bolsa de praia!

talco para corrigir piso

Use talco para corrigir pisos que rangem!

Aliás, se no quarto do seu bebê tem um piso de madeira que, sempre que você está saindo sorrateiramente ele range ao pisar, use talco para corrigir!

Basta jogar talco por toda a volta do piso que está rangendo e depois, passar um pano úmido. O talco vai preencher o espaço e deixar de fazer barulho quando você estiver no modo mãe ninja querendo sair do quarto sem que o bebê acorde! :)

cenoura congelada

Use palitinhos de cenoura como mordedor!

Se o seu pequeno está naquela fase chatinha de dentinhos nascendo, desesperado por coisas para mordiscar, experimente oferecer a ele palitinhos de cenoura congelados!

Claro que, sempre sob a sua supervisão! Os palitinhos bem durinhos serão um desafio para o pequeno que poderá morder e roçar a gengiva até que ele fique molinho e possa ser descartado!

toalha com camomila

Dê uma toalhinha embebida em camomila para o bebê morder!

Se você tem medo da cenoura, engasgo e afins, outro truque para aliviar as gengivas inchadas na fase de dentição é embeber uma toalhinha ou fraldinha em chá de camomila geladinho e dar para o bebê esfregar na gengiva.

Ele não tem força o suficiente para se machucar com isso, vai aliviar sua irritação e a camomila é um calmante natural! Lembre-se: sempre sob supervisão, hein!

cebola no quarto

Coloque uma cebola no quarto para diminuir a tosse noturna!

O bebê ou as crianças estão tossindo muito a noite? Experimente colocar uma cebola cortada dentro do quarto! O cheiro não fica lá uma maravilha mas, a cebola tem propriedades de filtrar as bactérias do ar e assim, ajuda a purificar e diminuir a tosse em qualquer idade!

truque para dar remedio

Use um pirulito para que eles tomem os remédios!

Não teve jeito e vai precisar dar remédio? Para os maiorzinhos, use um pirulito! Vá molhando o pirulito no remédio e fazendo eles lamberem até a quantidade do remédio acabar e depois, como recompensa, eles podem ficar com o pirulito!

Se você é contra dar açucar ou, o seu pequeno ainda não pode, a dica é usar sempre aquelas seringas dosadoras e posicionar dentro da boquinha da criança pela bochecha, no fundo a direita! Neste local, o líquido desce rapidamente pela garganta evitando que a criança cuspa!

truque do microondas

Use um copo para esquentar 2 potes de uma vez no microondas!

Tá com pressa e precisa esquentar 2 potes de comidinha de uma vez? Use um copo para colocar um dos potes em cima, você ganha espaço embaixo e não perde tempo! Só tome cuidado na hora de pegar, né?

Nesta vida de mãe, sempre corrida e meio caótica, a gente vai descobrindo na prática muitos truques para facilitar e é sempre bom poder trocar estas dicas com outras mães!

Se você tem um truque certeiro que sempre funciona, comenta aí e aumenta a nossa listinha!

Bjs! ;)

Categorias Vida de Mãe

Como economizar no material escolar

Agora que o Pedro e a Cacá não estão mais na educação infantil (estão no ensino fundamental I) a lista de material escolar deles não tem mais tantas coisas de artes e papelaria, sabe?

Saíram as massinhas, colas coloridas, glitter e purpurina e entraram os cadernos, pastas, livros… Não posso dizer que tenha ficado mais caro, os itens de “artes” não são tão caros assim, mas os livros deram uma pesada no orçamento.

Desde que as crianças entraram na escola, eu sempre busquei fazer o máximo de economia com a lista de material escolar. Acho absurdo pagar super caro numa marca X só porque a escola pediu aquela ou, porque tem um personagem na capa!

Partindo destes princípios de economia, juntei aqui algumas dicas que têm me feito economizar e podem te ajudar também:

1 – Reaproveitar os materiais do ano anterior

Eu sempre dou uma revisada em todo o material que voltou da escola e separo aqueles que ainda podem ser usados no novo ano. Pastas, réguas, tesouras, canetas, mochilas, lancheiras… Todas estas coisas são itens que (dependendo da criança, rs!) não desgastam tão rapidamente!

2 – Pesquise bastante

Antes de comprar os itens da lista, eu sempre pesquiso nas papelarias indicadas pela escola (que têm um convênio e oferecem desconto) e em papelarias on line. Como compro para 2 crianças, procuro pacotes de coisas em atacadinho “leve” por exemplo, borrachas e colas em combos com mais de 10 unidades, lápis de escrever, canetas, papel sulfite…

3 – Procure por livros usados

Comprar livros de “segunda mão” também é sinal de economia! Sites como a Estante Virtual reúnem sebos de todo o Brasil onde você pode pesquisar os livros didáticos ou de leitura solicitados pela escola.

4 – Etiquetas manuais

Ao invés de gastar com aquelas etiquetas (que eu também acho lindas e amo!), em tempos de crise dá pra se virar com as etiquetas brancas comuns e os nomes escritos á mão!

Compro sempre uma cartela branca com etiquetas de tamanho médio (que servem para quase tudo) e escrevo com caneta permanente o nome das crianças. Eu já desisti de colocar etiquetas em cada um dos lápis de cor deles porque, as etiquetas sempre descolam ou somem por causa do contato!

5 – Não gaste com o que não precisa agora!

Não sei vocês mas eu, quando era criança, amava esta época de volta ás aulas com cadernos novos, lápis novos, uniforme novo… Quando virei mãe, transferi este amor para as crianças e ficava feito uma doida preocupada em ter calças, camisetas, mochilas, roupa de balé, de futebol, necessaire, etc. tudo novinho logo no primeiro dia de aula!

Mas não precisa!

Uniforme de inverno é pra ser usado daqui há alguns meses, se a chuteira de futebol ainda serve e está inteira, não precisa de uma nova, e assim por diante! Faça uma lista consciente de coisas que realmente precisam ser trocadas agora, outras que podem esperar mais 3 meses e se programe com mais tranquilidade!

6 – Não leve as crianças com você!

Se você puder deixá-los em casa na hora de sair para comprar o material, vai evitar estresse com os pedidos do caderno cor de rosa da princesa sei lá quem que custa o dobro do preço do caderno comum sem personagem na capa!

Ou, você pode ter uma conversa séria e franca com eles avisando que a compra será feita de forma econômica assim, vocês podem gastar dinheiro em outras coisas mais bacanas como passeios, viagens, brinquedos, sorvete… hehehe

7 – Preste atenção nas coisas que estão na lista!

Aqui em SP, as escolas são proibidas de exigir em suas listas de material escolar, itens de higiene que devem ser fornecidos pela escola como: copos plásticos, guardanapos, alcool… Também não pode pedir material de classe que são de uso do professor como giz de lousa, apagador, caneta… Outra coisa que não pode é exigir uma marca de produto ou exagerar nas quantidades por exemplo, uma criança na educação infantil não deve ter que levar um pacote de 500 folhas de sulfite/A4, ela não precisa fornecer para a escola toda o papel que será usado nas atividades!

Se você reparar abusos na lista, vale a pena conversar com a escola e entender a necessidade dos itens solicitados!

Além do material escolar, na escola das crianças há o gasto com as apostilas e os livros de apoio e de leitura. Com as apostilas não tem muita opção já que, a editora que fornece para a escola e faz os preços mas, eu sempre negocio para pagamento a vista ou, parcelado!

A educação das crianças está no topo das minhas prioridades financeiras e também é um dos itens mais caros na vida da maioria das famílias, por causa disso acho que, com o que a gente pode economizar, tem que fazer todo o esforço possível sim!

E vocês, tem dicas de economia para compartilhar? Conta aí pra gente!

Bjs! ;)

 

Categorias Vida de Mãe

Viagem com Crianças: 5 idéias para envolvê-los na organização

Depois que se tem filhos a gente tem pelo menos uma certeza na vida: nunca mais você passará um dia sem dar uma risada! E quando planejamos viagem com crianças, a outra certeza é a de que não importa o destino, será divertido!

Porque as crianças têm esta capacidade incrível de transformar qualquer lugar/situação em momentos mágicos e por tudo isso, eu acho mais do que justo envolvê-los na organização de toda a aventura!

Quando as crianças sabem pra onde vão e o que vão fazer e encontrar por lá, as chances de você conseguir colaboração no seu roteiro aumentam muito além disso, se você também ama viajar e quer transmitir esta paixão aos seus filhos, mostrar pra eles porque você pensou em tal destino, como você organizou tudo, etc. vai tornar a viagem muito mais rica e produtiva do ponto de vista cultural mesmo!

E tem outra coisa, sabe aquela viagem dos sonhos, que você batalhou muuuuito pra conseguir fazer em família? É muito mais gostoso quando o sonho é compartilhado por todos e por isso, separei 5 idéias de coisas que eu faço por aqui, pra você envolver os seus filhos nos preparativos e já começarem a curtir!

1 – Forneça as informações básicas

Conte para as crianças pra onde vocês vão, onde fica, como é o clima por lá, que língua se fala, se vão de carro, de avião, se tem parentes que moram ou vieram de lá, porque você escolheu este destino, onde vão se hospedar… Dê referências básicas, pegue o computador e mostre pra eles o hotel onde se hospedarão, os pontos turísticos que pretendem visitar…

viajar com crianças

2 – Faça uma imersão cultural

Além de contar e mostrar no computador o destino e as coisas que vocês encontrarão por lá, faça uma imersão cultural! Selecione filmes sobre o destino e comece uma maratona, procure por músicas locais e, se a viagem for internacional, já vá ambientando os ouvidinhos para o idioma que será ouvido!

paddington

Pra quem vai conhecer Londres, As Aventuras de Paddington é uma boa pedida!

3 – Ofereça brincadeiras e interação

Outra idéia bem legal para colocar as crianças com a mão na massa e se sentirem completamente envolvidos no processo, é oferecer livros interativos que propõem brincadeiras!

Você mesma pode criar um livro personalizado com pontos de referência, mapas, imagens curiosidades, diário de bordo, espaço para colagens e afins!

Para criar este livro, você pode usar aplicativos que imprimem fotos e personalizam conteúdos como o Phooto, por exemplo, ou mesclar páginas digitais com conteúdo artesanal no melhor estilo scrapbook.

livro de aventuras

Este é da loja Dona Coruja, no Elo7!

Outra opção é a coletânea de livros da editora Callis “Vovô Conhece o Mundo” Escrito por Fernanda Braz, os livros contam as aventuras de uma família em alguns lugares do mundo. Dentro do livro, as crianças encontram um mapa (simplificado) do destino, área para fazer registros e anotações, pegadinhas e curiosidades. A coleção conta com livros de 5 destinos: Paris, Amsterdã, Barcelona, Londres e Roma!

editora callis

4 – Deixe a criança ser a fotógrafa oficial da viagem!

Avise seu pequeno que ele será o fotógrafo oficial da viagem! Já mostre pra ele a câmera que ele vai usar, os recursos, os lugares que vocês visitarão e deixe ele mexer, aprender, treinar…

Depois, surpreenda-se com os resultados das imagens!! O mundo visto pelos olhos (e altura) de uma criança é realmente demais!!

viagem com crianças

5 – Deixe ele ser o navegador!

Toda vez que eu planejo uma viagem, procuro as melhores rotas, passeios, restaurantes, pontos turísticos, etc. e para ficar tudo bem certinho, eu uso aplicativos no celular e, dependendo do destino, compro guias e livros com dicas e mapas.

Agora que o Pedro e a Cacá já sabem ler, eles ficam com a responsabilidade de procurar no guia os passeios que acham mais interessantes, traçar rotas, pensar se dá pra ir lá com o clima (chuva, sol, etc) e depois, fazemos uma lista com votação familiar para eleger o que entra no nosso roteiro!

É bem divertido e ensina para as crianças noções de organização e orientação com mapas, placas, meios de transporte…

viagem com crianças

Viajar é sem dúvida o melhor investimento que podemos fazer por nós e por nossos filhos, e embora esteja ficando cada dia mais caro, com planejamento prévio e organização dá pra garantir lindas aventuras e ter a certeza de que esta riqueza, estará pra sempre nas memórias dos pequenos!

Boas férias! ;)

Categorias Vida de Mãe

Como trocar os presentes de Natal: Mini Guia de Direitos

A semana antes do Natal é aquela correria nos shoppings para garantir os presentes, e a semana antes do Ano Novo, é aquela correria nos shoppings para fazer a troca dos presentes que não deram certo!

trocar presente de natal

Mas como trocar os presentes de Natal? Quais são os nossos direitos como consumidores na hora de exigir a troca nas lojas e fornecedores?

Fiz uma pesquisa lá no site do IDEC – Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, e no CDC – Código de Defesa do Consumidor, e reuni aqui as principais coisas que você precisa saber para fazer a troca dos presentes por aí!

Pode trocar tudo?

Segundo os órgãos pesquisados, o consumidor tem o direito de troca ou devolução de seu dinheiro para os casos de produtos que apresentem defeitos ou mal funcionamento. Para estes casos, você tem 30 dias para troca de produtos não duráveis e 90 dias para produtos duráveis.

Para os casos de troca de tamanho, cor, modelo, etc. depende do acordo firmado na hora da compra com o vendendor! FIQUE ATENTO!

A loja não é obrigada a trocar uma peça de roupa porque ficou pequena ou, trocar uma boneca pela outra porque sua filha ganhou 2 iguais! Cada loja tem a sua própria política de trocas para estes casos e por isso, preste atenção no acordo firmado no momento da compra!

O vendedor deve honrar a palavra se prometeu que você pode trocar, mas é ele quem estipula o prazo e condições de troca. Algumas lojas podem trocar somente mediante apresentação da nota fiscal, outras exigem que o produto esteja com etiquetas, outras trocam apenas tamanho e cor, e assim por diante!

Pode devolver?

O CDC garante aos consumidores o direito de arrepender-se das compras no prazo de 7 dias para compras realizadas fora da loja física. Ou seja, este direito se aplica para compras realizadas via internet, telefone ou catálogo.

A partir do momento que você recebeu o produto, tem 7 dias para arrepender-se, devolver o produto e solicitar o dinheiro de volta!

Tudo isso deve ser feito sem custo para você quer dizer, se você comprou um vestido lindo pela internet e quando ele chegou, percebeu que não era bem o que você queria, precisará informar ao vendedor e solicitar que ele venha retirar o produto e devolver o seu dinheiro!

Pra quem a gente reclama?

Se você fez compras em lojas físicas e os produtos estão defeito aparente ou ocultos (aqueles que depois de um tempo aparecem, tipo o brinquedo deixar de funcionar depois de uns dias de uso) você deve procurar a loja onde a compra foi efetuada e através dela, solicitar a troca do produto, conserto ou devolução do dinheiro.

O fabricante também pode ser acionado caso o lojista não consiga resolver o problema porém, na primeira instância procurar a loja que vendeu o produto é o primeiro passo! Caso você não consiga resolver estas questões com o lojista e fabricante, pode procurar a orientação do IDEC.

A maioria das lojas mantém uma política de bom relacionamento com seus clientes e por isso, as trocas mais comuns de tamanho, cor, tipo, modelo e afins pode ser realizada sem maiores problemas. Fique atento em seguir as exigências do estabelecimento para as condições de trocas, lembre-se de avisar os seus presenteados sobre estas condições e se você se sentir lesado em qualquer momento, exija seus direitos!

Lá no site do IDEC você também consegue baixar uma cartilha eletrônica e gratuita com maiores detalhes dos seus direitos para os casos de trocas de produtos. Clique AQUI para baixar!

Afinal, a gente trabalha tanto para conseguir adquirir as nossas coisas, nada mais justo do que pensar bastante, pesquisar bastante e estar muito bem informado na hora de comprar e fazer valer todo o nosso esforço de trabalho, não é mesmo?

#ficadica

Bjs! ;)

 

Categorias Vida de Mãe

Compre de quem faz: 10 idéias de presentes feitos por mães empreendedoras

Vocês já sabem que, desde o começo deste ano encabecei de vez a idéia de consumir de modo consciente, de reduzir, reciclar, reutilizar, economizar…

E dentro deste novo conceito de consumo está a preferência por comprar coisas feitas por pequenos empreendedores e artesãos, aquela coisa do Compre de Quem Faz, sabe?

Quando a gente compra de quem faz, a gente valoriza o pequeno empreendedor, garante o meio de vida de famílias e impacta diretamente a qualidade de vida de comunidades inteiras. Quando falamos de mães empreendedoras então, o impacto é ainda maior!

As mães que empreendem, na maioria das vezes, optaram por se arriscar em negócios próprios para garantir mais tempo com seus filhos, na fase em que eles mais precisam da presença da família e além disso, prestigiar uma mãe artesã, empreendedora é apoiar sua auto-estima, é garantir que ela continue em frente, é dizer a ela “você consegue! Eu tô aqui por você!”

Olha só quantas coisas bacanas você pode fazer pela sociedade neste Natal ao escolher comprar de quem faz? Uma decisão tão simples e que afeta de maneira tão extraordinária a vida de muitas pessoas!

Selecionei 10 idéias de presentes super bacanas de mães artesãs e outros artesãos que eu super admiro. Tem idéias para presentear a família toda: crianças, avós, pais, mães, tias, sobrinhos…

 

carol bergocce

Da artesã Carol Bergocce, jóias em ouro, prata e pedrarias que podem ser assim, com um nome ou palavra, ou jóias mais clássicas como pulseiras, braceletes, anéis… Para comprar acesse o site clicando AQUI, o preço desta peça é sob consulta!

compre de quem faz

 

Brinquedos de madeira e educativos são sempre uma ótima idéia para crianças em qualquer idade! Este caminhão de empilhar peças geométricas é da Maleta Mágica Brinquedos por R$ 64,75, para comprar acesse o site AQUI

img_7657

Outra opção são os brinquedos super criativos da Kito Peq, feitos em madeira com apliques que não desgrudam nunca, as peças giram no eixo e permitem muita liberdade nas brincadeiras de crianças! O navio pirata está saindo por R$ 367,80 e a casinha da Chapeuzinho Vermelho, R$ 356,80. Para comprar acesse o site AQUI

bodies divertidos

Quem precisa presentear um bebê ou uma grávida que está montando o enxoval, pode optar pelos bodies super descolados, coloridos e divertidos da Óinc Baby, cada um por R$ 59,90 e para comprar acesse o site AQUI

bichamo

E sabe aquela tia que não tem filhos mas é louca por animais? Ou aquela amiga grávida que também é mãe de bicho e está montando o quartinho do bebê? A Rê Vitrola cria ilustrações lindas e personalizadas para decorar, divertir e fofurizar qualquer cantinho! O quadrinho com desenho da criança personalizado está saindo por R$ 50,00 e a caneca de gatinha sereia R$ 35,00. Para comprar acesse o site da lojinha clicando AQUI

moda all sizes

E que tal presentear a família toda com moda para todos, independente do tamanho? A Chica Bolacha (confecção de mãe e filha que eu amo!) vende moda que vai do tamanho PP ao 5X ou seja, dá pra encontrar peças lindas, descoladas e confortáveis para todo mundo!

O vestido longo com estampa de equilibristas está saindo por R$ 269,00 e as camisetas por R$ 79. Para comprar, acesse AQUI

camisetas mãe e filha

E aquelas que amam fazer o estilo “tal mãe, tal filha” vão adorar os pares de camisetas da Tutti Tees! São muitas opções de estampas descoladas e também dá pra fazer mãe e filho! A camiseta infantil saindo por R$ 34,90 e a adulto R$ 44,90.

Para comprar, acesse o site clicando AQUI!

Corram conhecer o trabalho destas mães e pais e voltem aqui pra me contar outras descobertas bacanas também, ok?

As encomendas feitas ainda esta semana, conseguem chegar até o Natal! #ficadica

Bjs! ;)

Categorias Vida de Mãe

Receita para desembaraçar cabelos de bonecas

Uma das coisas mais gostosas de ser mãe de meninas, é poder voltar a minha infância e curtir junto com a Catarina as coisas que eu já havia esquecido como eram boas: brincar de casinha, cantar, dançar, muito cor de rosa, coisas fofas e é claro, brincar de bonecas!

A Cacá está naquela fase toda fofa em que ama brincar de bonecas! Ás vezes, a brincadeira é de “mamãe e filhinha” com as bonecas no estilo “bebê” e muitas roupinhas que foram dela mesma e ás vezes, a brincadeira é com as Barbies, fazendo festa, passeando de carro, usando e criando mil roupinhas…

Estes dias, estávamos as 2 aqui organizando a bagunça dos brinquedos e bonecas e eu percebi que algumas das bonecas estavam com aquele cabelo cheio de nós, sabe? Tinha massinha, figurinha, fio de lã e mais um monte de óvnis nos cabelos das coitadas!

Resolvi procurar um jeito de salvar estes cabelinhos e encontrei uma receita para desembaraçar cabelos de bonecas que é caseira, leva apenas 2 ingredientes e é super simples! Enquanto eu fazia o teste, gravei um passo a passo!

Dá o play!

Bem fácil, né?

Se você não conseguiu anotar os ingredientes, aqui está:

  • 2 colheres de amaciante
  • 1/2 copo de água morna

Você vai precisar de uma escovinha de bonecas (aquelas que vem com as bonecas, sabe?) e um borrifador!

Aqui em casa, funcionou com todos os tipos de cabelos e de bonecas, estão todas lindas e cheirosas de novo! hehehe

Quem testar aí, vem me contar depois!

Bjs! ;)

Categorias Vida de Mãe

Desodorante Infantil Caseiro com Leite de Magnésia de Phillips

Já comentei com vocês algumas vezes aqui no blog que o Pedro tem uma dermatite atópica bem severa, e a pele dele é super sensível.

Recentemente, estive às voltas procurando por um tipo de desodorante infantil que fosse seguro para a pele dele, eficaz e não custasse super caro. E me deparei com o Leite de Magnésia de Phillips que, além de ser laxante e antiácido e super conhecido das nossas mães e avós, também tem outras mil utilidades!

Contei tudo em detalhes e mostrei como usar o leite de magnésia como desodorante infantil neste vídeo aqui embaixo.

Dá um play e depois, vem me contar se você também já sabia deste “segredo” simples, barato e eficaz! ;)

(para evitar o reload do site, clique para ir ver direto no YouTube!)

Bem simples, né? Eu ando super feliz com estas descobertas naturebas e tô sempre compartilhando tudo que encontro de mais bacana!

Quem tiver mais dicas e idéias com o leite de magnésia de Phillips, testadas e comprovadas, acrescenta aqui nos comentários ou nos comentários lá do YouTube, ok?

Bjs! ;)

PS: Aproveita para se inscrever no canal e receber primeiro os novos vídeos de dicas! :)