Categorias Passeios e Viagens

Paraty com crianças

Desde que voltamos do Recife para São Paulo (há 2 anos), nossas férias têm sido de apenas 1 semana no máximo! :(

Por causa disto (e também da verba mais curta), temos optado por passeios e viagens mais curtinhas, mais próximas e que funcionem em no máximo 3 ou 4 dias. Já fazia algum tempo que eu estava doida para conhecer Paraty, sempre quis participar da FLIP, dos festivais de jazz e, como boa e modesta historiadora que sou, queria muito pisar naquelas ruas de pedras que tanto conheci nos livros.

Depois de avaliar as opções e condições, decidimos que este ano seria o ano de ir para Paraty, fui pesquisar sobre roteiros e passeios na internet e daí, confesso que achei que talvez eu não fosse curtir porque, depois de ter morado em Recife e frequentado Olinda todos os domingos, imaginei que Paraty não me traria nada de novo, nada de belo, nada de emoção… ledo engano!

Voltei de Paraty com aquele gostinho de quero mais, com a sensação de que não vi nem conheci nem metade do que a região tem a oferecer, simplesmente apaixonada! Além da espetacular paisagem para todos os lados que se olhe, a cidade histórica tem um encanto, um romance, uma boemia que envolve, em todas as idades!

Para começar a falar da nossa viagem, preciso falar da nossa hospedagem! Ficamos na Pousada das Bromélias, instalada há 13km da cidade de Paraty, a pousada é um recanto de beleza natural, ar puro, conforto, facilidades, charme e bom atendimento escondida aos pés da montanha.

 

Na estradinha pra chegar na pousada você já vai se deslumbrando com a paisagem

Na estradinha pra chegar na pousada você já vai se deslumbrando com a paisagem

São apenas 10 chalés, afastados uns dos outros, equipados com ar condicionado, chuveiro a gás, protetores anti-insetos, banheiras de hidromassagem (nos chalés luxo), kits de higiene da L’Occitane, tv de LCD, DVD, wifi, varanda com rede, serviço de quarto, frigobar, secador de cabelos, telefone para chamadas diretas e muito cuidado em todos os detalhes.

Ficamos no chalé Special, ele tem 40m2 e acomoda até 4 pessoas, 1 cama queen size e 2 sofás camas, olha que charme a nossa “casinha” como dizia o Pedro:

 

Super aconchegante e charmoso

Super aconchegante e charmoso

Sofá cama confortável

Sofá cama confortável

A Cacá amou a "cama de princesa" hihihi

A Cacá amou a “cama de princesa” hihihi

A pousada está instalada numa área imensa, toda a sua mata atlântica nativa preservada e as construções desenhadas de modo a não interferir na beleza natural do espaço. Dá pra fazer trilha, caminhada e banho de cachoeira sem sair de lá.

 

Já na porta da pousada, a primeira cachoeira

Já na porta da pousada, a primeira cachoeira

Na área comum, a pousada oferece: restaurante (que inclui menu kids), salão de jogos, piscina adulto e infantil, quadra de tênis, sauna, ofurô e tratamentos terapêuticos. Aliás, a área dos tratamentos é um caso à parte, sauna e salas de massagem estão instaladas á beira da cachoeira, super limpinha, de águas cristalinas com muitas pedras para caminhar as crianças se divertiram muito, foi a primeira vez que experimentaram um banho de rio. E depois da farra na cachoeira, você encontra todo o apoio de banheiros, chuveiros e até lanchinho para as crianças.

Fazer um ofurô sozinha ou com o marido ouvindo o barulho gostoso da água e dos pássaros também é incrível, na minha opinião, o melhor lugar da pousada inteira é aqui!

paraty mosaico

Sauna e ofurô aos pés da cachoeira, lounge de descanso para o pós banho de rio!

Escolhemos um dia para fazer o tour na cidade histórica e foi então que eu me apaixonei! Realmente é difícil caminhar nas ruas de pedras grandes e irregulares, o segredo é escolher um par de sapatos confortáveis e andar pelo meio da rua.

IMG_5350

Cacá e vovó se equilibrando! hehehe

As casinhas coloridas e preservadas são lojas de artesanato, ateliês de artistas, centros de cultura, restaurantes, sorveterias, lojas de cachaça e até mesmo bancos. Para fazer este passeio conhecendo tudinho e ouvindo a História, você pode contratar o serviço de tour com charrete. Na praça da Matriz várias pessoas oferecem este serviço que leva duas pessoas por carro e demora cerca de 40 minutos ao custo de R$ 50,00.

IMG_5325

As casinhas coloridas charmosérrimas *—*

IMG_5328

Família turistando na Praça da Matriz

IMG_5372

a Rua do Fogo

IMG_5336

a Casa de Cultura tem exposição, páteo interno delicioso, café e lojinha de artesanato!

IMG_5369

Pra fazer o passeio de barco, basta chegar no cais

IMG_5373

Um dos cantinhos incríveis da cidade, este aqui fica dentro de uma loja de artesanato lindaaa!

IMG_5351

Um pedacinho da França em Paraty, tem como não se apaixonar?

Ao visitar a cidade preste atenção em duas coisas: na cidade histórica não é permitido a circulação de carros, mas dá pra chegar até o seu entorno e parar nas vagas de rua ou em estacionamentos que estão por toda parte. Ás 6h da manhã e as 6h da tarde a maré invade uma parte das ruas de Paraty por isso, atenção ao horário e locais em que vai passear.

 

Uma rua ainda alagada da maré

Uma rua ainda alagada da maré

Não poderia deixar de visitar Paraty também á noite, apesar de o clima ser de puro romance, também tem espaço para as crianças. Ver as casinhas coloridas iluminadas com lamparinas que remetem aos tempos de colônia traz todo um encanto ao passeio.

O charme noturno da cidade

O charme noturno da cidade

Escolhemos jantar no Paraty 33, um restaurante família que depois das 10h se transforma em balada. As crianças foram recebidas com papel e giz de cera e enquanto comíamos, ouvíamos música gostosa ao vivo. O atedimento foi bem rápido e cordial, a comida deliciosa, já os preços, meeeega salgados. Aliás, uma coisa comum em Paraty, comer aqui é beeeem caro!

IMG_5431

No Paraty 33 as crianças ganham papel e giz. Música ao vivo, ambiente gostoso, atendimento rápido e cordial!

Nós não somos uma famíia “de praia” (e moramos no Recife, é eu sei! rs), mas não poderia deixar de levar as crianças para brincar e conhecer uma das muitas praias famosas da região. Escolhemos a praia do Corumbê, bem próxima da pousada e uma verdadeira piscina! Mar super calminho e quentinho, orla extensa, vista linda…

IMG_5446

A Praia do Corumbê

Acessamos a praia pelo restaurante Corumbeer, super indico para passar a manhã, a tarde ou o dia todo. Por lá você tem infraestrutura de banheiros, ducha, cadeiras de praia, piscina á beira mar, lounge de descanso e almoço. Pra quem curte, uma moqueca de peixe deliciosa e para as crianças, um menu com arroz, filé, saladinha, fritas e sucos.

IMG_5455

No Corumbeer, infra-estrutura para as famílias, sombra e água fresca! rs

IMG_5451

“Olha mãe, um dinossauro na praia!” <3

Ainda pretendo voltar muitas vezes a Paraty e fazer o passeio de barco pelas ilhas, ir ao mini-museu da Estrada Real e quem sabe encarar umas trilhas, o gostinho de quero mais ainda está aqui!

Pra quem vai de SP, você pode optar por descer a serra e utilizar a rodovia Tamoios (percurso mais longo e com menos serra) ou ir por Taubaté e pegar a “serrinha” que corta o Parque Estadual da Serra do Mar, as crianças amaram fazer este caminho cheio de curvas, mata, montanhas, visual lindo e nuvens, uma aventura!

Nas duas opções você encontra infraestrutura de paradas, lanchonetes e estrada em ótimas condições, sem pedágios exorbitantes!

Paraty é linda, perfeita, ideal para casais e famílias em todas as idades! Super recomendo a visita e também super agradeço ao Ari e a Célia, proprietários da Pousada das Bromélias que são incríveis e fizeram das nossas mini-férias dias inesquecíveis, super obrigada! <3

Bora se apaixonar por Paraty? #ficadica

Bjs ;)

Categorias Passeios e Viagens

Final de semana no Rio de Janeiro: roteiro a dois (que também serve para crianças)

O Cristo visto do Pão de Açucar! Mesmo sem sol o Rio de Janeiro continua lindoooo….

Como contei no outro post, depois de muita meditação e convencimento fui passar o final de semana com o marido no Rio de Janeiro.

Antes de ir, pensei em mil coisas para fazer por lá, com um cronograma tão apertado, acabei optando por passeios proximos ao local em que estávamos hospedados, ficamos na praia de Copacabana, a mais turística da cidade. Muito limpa, segura e com excelente infra-estrutura de quiosques, lojas, bancos, restaurantes e etc.
Fizemos passeios a dois, mas que também seriam excelentes com as crianças, sacoméné, mãe que é mãe, todo lugar que passa verifica a acessibilidade para seus pequenos! hehehe
Dá uma olhada no nosso roteiro dia a dia:
Sexta
Chegamos na cidade na sexta-feira por volta das 18h, depois de fazer o check in no hotel, resolvemos caminhar pelo calçadão. Apesar de já estar escuro, a praia estava muito bem policiada e os quiosques funcionando normalmente. Caminhamos e depois sentamos num dos quiosques para um programa bem carioca: cervejinha e petiscos na beira mar. Uma delícia!
Apesar de eu ter programado um jantar romântico e um passeio de adultos, tipo baladinha e tals, a verdade é que eu tinha trabalhado na sexta, o marido também e estávamos cansadaços, ou seja, pique nenhum para a “balada”, ai que saudades dos meus 20 anos! rs

Vista do hotel a partir da praia

Sábado
Depois de muito pensar e pesquisar, decidi que ao invés de ir até o Cristo Redentor, faria o passeio de bondinho do Pão de Açucar, achei o lugar mais cheio de atrações e também era mais próximo do nosso hotel, assim teríamos tempo de aproveitar bastante o dia.
Logo de manhã pegamos um táxi e partimos em direção ao bairro da Urca, onde fica o bondinho. Pelo caminho fiquei admirada com a paisagem linda e arborizada deste bairro super charmoso!
Chegando no bondinho não pudemos subir pois, haveria um show da Anitta (who?) e por isso, estava fechado para visitação, a não ser que você tivesse comprado ingressos. Ficamos frustrados, mas resolvemos passear por ali e descobrimos a Praia Vermelha.

Aos pés do Pão de Açucar, a Praia Vermelha

Uma prainha linda, super aconchegante, ideal para sentar na areia, tomar uma água de côco, observar a natureza linda… Se estivesse com as crianças também seria ótimo, a praia é bem curtinha, daquele tipo que dá pra deixar as crianças correrem á vontade porque você consegue ver o começo e o fim. Amei!
Depois desta relaxada, pegamos um táxi e fomos conhecer o Forte de Copacabana. Lugar lindo, limpo, super organizado, super acessível para mães com carrinhos e cadeirantes. A exposição permanente é muito bem disposta e organizada, muito além do que imaginávamos!

A entrada do Forte

Além de tudo isso, o Forte está localizado num lugar belíssimo, com uma vista linda da praia de Copacabana, subir na nave dos canhões é uma visita imperdível, dali de cima a vista do mar azul, uma sensação de paz e plenitude, adorei! Não consegui passear por dentro do paiol dos canhões (sou claustrofóbica), mas o marido foi e disse que é incrível.

O mar, azul e infinito visto da nave dos canhões!

Paramos para almoçar por ali, na famosa Confeitaria Colombo. Na beira mar, com a vista linda, boa comida e bom preço. O único porém é que é muito lotado, se você chegar muito na hora do almoço vai precisar esperar bastante para conseguir uma mesa!

Almoçar com esta vista, chatoooo…. rsrsrs

Depois do almoço, caminhamos do Forte até a praia do Arpoador, o lugar parece uma praia particular, com um parque em frente e alguns condomínios luxuosos, é outra praia excelente para crianças (que não entram no mar, porque é bravo!), tem poucos quiosques e poucos ambulantes, ideal para passear, deixar as crianças brincarem na areia, observar a vista linda da pedra… Adorei!
Voltamos caminhando do Arpoador até o Copacabana Palace, é uma senhora caminhada, mas foi bacana porque conhecemos praticamente toda a orla de Copacabana, o que mais tem é turista! Você só escuta as conversas em inglês ou espanhol e o mais legal, é que todo o pessoal que está ali trabalhando na praia (camelôs e quiosques) se vira na língua estrangeira, fazendo o maior esforço para se comunicar com os visitantes, não tem como não se sentir bem vindo no Rio de Janeiro!

Praia do Arpoador

Á noite fomos jantar com um casal de amigos que moram na cidade, fomos para um lado menos turístico, a praia do Recreio, no caminho passamos pela “cidade” Rocinha. Pra quem nunca tinha visto de perto, assusta pelo tamanho! É uma cidade dentro de outra cidade, incrível!
Jantamos no restaurante Johnnie Pepper, uma mistura de comida mexicana com Outback, o ambiente é delicioso, a comida muito boa, o preço justo e tem área kids! Com certeza voltarei com as crianças!
Domingo
De manhã, fomos novamente tentar passear de bondinho no Pão de Açúcar, desta vez nós conseguimos! Uhuu \0/
O passeio vale muito a pena! Muito organizado, funcionários gentis e atenciosos. Nas paradas você encontra restaurantes, lojinhas de souvenir, banheiros e bancos para parar e apreciar a vista, apesar de o dia estar nublado, não tem como não se encantar com esta paisagem! Demais!!

Vista do Pão de Açucar

Saindo do Pão de Açúcar, fomos almoçar em Botafogo no Bar do Belmiro. Um lugar simples, de comida deliciosa, preço honestíssimo e super familiar. Apesar de não ter nenhuma atração para as crianças, o bar estava lotado de famílias almoçando, adorei!
Depois do almoço, aproveitamos para um curto passeio no Aterro do Flamengo, lugar lindo, verde, espaço para as crianças correrem, jogar bola, passear com o cachorro… muito gostoso!
Como não dava mais tempo para nada, fomos para o aeroporto embarcar direto de volta pra casa! Com certeza há muito mais coisas para se ver e fazer no Rio de Janeiro. Não vejo a hora de voltar com as crianças para testar estes passeios e fazer outros!
O Rio de Janeiro continua lindo e de braços abertos para quem quiser! Ameiii! <3
Serviço
Informações sobre passeio no Bondinho
Informações sobre o Forte de Copacabana
Categorias Passeios e Viagens

Final de semana no Rio de Janeiro: Copacabana Palace

Ah, a piscina do Copa…. rsrsrs

Que o Rio de Janeiro é uma cidade maravilhosa, isso eu já sabia, agora ficar nesta cidade maravilhosa e ainda por cima hospedada no Copacabana Palace? É muito lousho e glamour meu povo! hehehe

Eu ganhei do Laboratório Daudt um final de semana para o casal com tudo pago, não podia deixar de ir, mas sofri para conseguir ir sem as crianças, até liguei pra saber o preço das crianças, não rolava, o maridus não queria, era uma oportunidade de viajarmos só nós dois e acabei aceitando a idéia.

Estar hospedado no Copacabana Palace é um luxo para poucos e agora eu entendo o porquê! Não é só pelo preço da diária (cerca de R$ 1000,00), o hotel foi feito para ser um palácio, um local para receber as autoridades e realezas do mundo todo quando viessem ao Brasil e a coisa mais legal de lá, é que quando você está lá, você também é tratado como realeza!

O principal diferencial do Copa (tipo íntima, rs) é que é tudo tão confortável, tão aconchegante, os funcionários são tão atenciosos e gentis que você se sente em casa, não dá vontade de sair dali nunca!

Ficamos numa suíte casal superior, ela é muito espaçosa, são 32m com antesala, banheiro enorme com banheira, chuveiro, pia dupla, armário e amenidades como chinelos, roupões e kits de higiene Troussardi trocados diariamente, secador de cabelos, guarda chuvas, calçadeiras e kit de higiene para sapatos masculinos.

Na antesala, um sofá, poltrona, mesa de trabalho, frigobar escondido num lindo móvel de madeira maciça e mármore, mesinhas de apoio e cofre digital. Uma cama king size meeega confortável, tv LCD,  radio com entrada para IPhone, revistas, livros e jornais entregues diariamente. Dá uma olhada no video:

Toda manhã as arrumadeiras passam pelos quartos realizando a limpeza habitual, abrindo as cortinas, trocando lençóis e deixando o quarto numa temperatura agradável, já que de dia costuma ser quente no Rio. Á noite, quando você volta pro quarto percebe que ele foi arrumado novamente, desta vez, a cama recebe um edredom, os chinelos são colocados na beirada, a temperatura é ajustada para ficar mais quentinho, as cortinas fechadas e uma musica ambiente ligada, deixando o ambiente mega acolhedor para descansar, tem como não amar?

O quarto arrumadinho para a hora de dormir…

A famosa piscina do Copa funciona 24h por dia e está sempre na temperatura de 28C, as espreguiçadeiras á disposição na beira da piscina, são cobertas com toalhas especiais e uma pessoa responsável vem colocar um travesseirinho bem posicionado para você ficar bem confortável.

Tomar café da manhã no restaurante Pérgula é um deleite! Na beira da piscina, o buffet de café da manhã é o mais completo que eu já vi na minha vida! Toda variedade de frutas, pães, bolos, ovos, panquecas, waffles e se ainda estiver faltando alguma coisa, é só pedir que eles fazem, incluso na diária!

Se você decidir ir caminhar na praia, vá tranquilo! Na volta, o pessoal de serviço do hotel está a postos esperando para esticar uma espreguiçadeira para você, te trazer uma toalha, uma água mineral, uma água de côco, é muito mimo!

Dentro do hotel você encontra uma boutique com as marcas de roupas, sapatos e bolsas mais luxuosas do mundo, ali também estão tres joalherias bem famosas e tem a área do SPA com tratamentos excelentes.

Os produtos do frigobar contam com cervejas importadas, vinhos, espumantes, águas importadas, energéticos e mini garrafas de whisky, vodka e etc… Caríssimos, diga-se de passagem!

Vale muito mais a pena pedir uma refeição ao serviço de quarto, que tem preços parecidos com o dos restaurantes da região, e são deliciosos!

A foto não fez jus á mesa linda, mas pedimos dois omeletes mistos e eles vêm acompanhados de fritas, salada, cesta de pães, queijos, manteigas, maioneses importadas, catchup e mostarda. Delicioso!

O Copa é o Copa e merece toda fama que tem! Hospedagem simplesmente impecável, sem defeitos, sem nada que se possa reclamar, acho que nem o preço, supondo que você escolha um hotel destes para se hospedar, no mínimo sabe que vai pagar caro!

Ver a Narcisa gritando da janela com a escova de dentes na boca, também é algo que não tem preço! hahaha

Uma mistura do clássico com o moderno, o luxuoso elevador todo trabalhado só permite acesso ao andar do seu quarto acionado pelo cartão que abre a sua porta!

Uma experiência incrível! Não é um hotel para viagens de turismo comum (a não ser que você esteja podendo!) é um hotel para uma ocasião especial, uma lua de mel, um aniversário de casamento, uma comemoração…

Não dá vontade de sair de lá nunca mais! Amei!! E tem como não amar?? hehehe

No próximo post, o roteiro!

Bjo! ;)