Categorias Passeios e Viagens

Beto Carrero World: Como e quando ir

beto carrero de avião

Quem acompanha a gente nas redes sociais (@bagagemdemae em todas elas!) viu que, no início deste mês fomos curtir o Beto Carrero World!!

Fazia muito tempo que eu estava programando para levar as crianças até lá, e a viagem não poderia ter chegado em melhor hora! Este ano o Beto Carrero comemora 25 anos e em uma ação mega bacana, que contou com parceiros incríveis, fomos convidados para visitar o complexo juntamente com as lindas amouras Marina e família, do blog Petit Ninos e Renata e Kiki (mais a trupe), do blog Formães.

Se viajar com a nossa família já é demais, quando podemos juntar as famílias das amigas e colocar todas as crianças pra brincar, fica ainda mais gostoso, né?

Eu não poderia falar sobre esta viagem, que foi incrível, em apenas 1 post e, como chegaram muitas dúvidas e perguntas pelas redes sociais, resolvi dividir a viagem em posts por tópicos, e o primeiro deles é este aqui: como e quando ir para o Beto Carrero?

Bom, a primeira coisa que precisamos saber é onde fica! O complexo Beto Carrero World fica na cidade de Penha, dentro do Estado de Santa Catarina. A pequena cidade, no litoral do Estado, está entre Blumenau, Balneário, Camboriú e outras cidadezinhas famosas da rota do Vale Europeu pelo Sul do país.

Na hora de escolher como iríamos para lá, pensamos logo em ir voando já que com as crianças, aguentar muitas horas de estrada, requer alguns dias a mais de planejamento e paciência e por isso, fomos de Gol Linhas Aéreas.

Como decidimos nos hospedar em Penha mesmo (no próximo post, vou explicar direitinho o porque desta opção) nosso aeroporto de destino era Navegantes e, pra quem voa Gol a partir de SP, pode optar por sair de Congonhas ou Guarulhos, com voos diretos de 47 minutos.

Enquanto eu ia postando nas redes sociais todos os detalhes do nosso embarque e viagem, foram chegando muitas perguntas sobre bagagem, embarque, check in, assentos, prioridade, mamadeiras, papinhas e mais um monte de dúvidas sobre viagens de avião com bebês e crianças. Por isso, decidi juntar todas as dúvidas e colocar aqui, em forma de “pergunta e resposta” pra facilitar quem está se planejando!

1 – Crianças pagam passagem aérea?

Na Gol, bebês de 0 a 12 meses não pagam passagem desde que, acomodados no colo de um adulto pagante. A partir de 12 meses, há desconto que varia conforme a tarifa e somente a partir de 12 anos, é que as crianças pagam valor integral.

2 – E se eu quiser comprar um assento para o meu bebê? 

Você precisa entrar em contato com a companhia para verificar a possibilidade de comprar um assento para o bebê no voo que pretende pegar. Isto varia conforme o trecho mas, na maioria das vezes, é possível sim!

3 – Posso ou não posso levar o bebê conforto e o carrinho de bebê a bordo?

Você pode ficar com o seu carrinho ou bebê conforto até a porta da aeronave para isso, basta avisar no check in que pretende ficar com o carrinho/bebê conforto. A atendente irá identificar o seu carrinho e quando chegar na porta da aeronave, você deverá deixar o carrinho com um comissário, que o encaminhará para o porão do avião, dando prioridade no desembarque dele. Sempre que possível, você pegará o carrinho já na porta do avião assim que ele pousar.

4 – O bebê, mesmo que não pague passagem, tem direito a bagagem?

Na Gol, bebês até 2 anos tem direito a até 10 kg de bagagem sem custo além disso, a mãe ou adulto acompanhante pode levar a bordo a bagagem de mão com até 5 kg desde que, dentro do tamanho padrão para bagagem de mão.

5 – E o bercinho de bebê no avião? Tenho que solicitar antes? 

O ideal é que você se informe sobre tudo o que está disponível no seu voo relacionado a bebês e crianças com antecedência. Você pode fazer pelo site, app, twitter ou ligando para o SAC da Gol. Nem todas as aeronaves possuem o bercinho, para garantir mais conforto e maior liberdade para os pequenos durante as horas de voos, procure reservar seu assento na primeira fileira de assentos ou, opte pelo assentos + Conforto da Gol. Eles possuem 10cm a mais no espaço entre as fileiras deixando a viagem mais confortável, para a mãe e a criança.

voe gol

6 – E na hora do check in? O que precisa? Quais os direitos das mães e das crianças?

Grávidas, idosos, deficientes e mães com crianças de colo, têm atendimento prioritário tanto no check in quanto no embarque e desembarque. Você pode optar por fazer o check in eletrônico nos terminais de auto-atendimento, no app da Gol, via Twitter ou no site e assim, agilizar o processo.

Não se esqueça que, as crianças precisam comprovar filiação ou parentesco com documentos que podem ser: certidão de nascimento, passaporte ou RG. Para voos nacionais, bebês e crianças viajando com apenas 1 dos pais não precisam de autorização do outro para embarcar, no caso de voos internacionais, há necessidade de autorização assinada e autenticada.

7 – O que eu posso despachar? 

Carrinho de bebê, cadeirinha de carro e bebê conforto podem ser despachados sem custo desde que, seja 1 volume por bebê/criança. Se você não tiver colocado em caixa ou embalado, a atendente do balcão pode embalar pra você.

8 – Posso levar mamadeira e papinhas? Tem como esquentar?

Para os voos nacionais, você pode levar na sua bagagem de mão mamadeiras e papinhas desde que dentro do peso permitido. As aeronaves não têm aparelhos para esquentar a mamadeira e a papinha porém, algumas têm boiler com água quente e os comissários podem deixar a mamadeira por lá em banho maria para aquecer. Pergunte ao comissário se existe esta possibilidade.

Para voos internacionais, a regra de líquidos na bagagem de mão é de no máximo 100ml, e se for levar papinha, ela precisará estar lacrada, em embalagem transparente e com especificação profissional. Você pode conseguir isso etiquetando com a sua nutricionista ou pediatra!

9 – Qual a dica para o bebê não chorar e ficar calminho durante o voo?

Isso depende muito do bebê mas, alguns podem ficar incomodados com dores de ouvido na decolagem e pouso por isso, uma boa dica é oferecer o peito ou a mamadeira neste momento. Para crianças maiores (e até adultos) chicletes costumam funcionar! Escolher voos noturnos, que coincidam com o horário do bebê/criança dormir também é uma boa alternativa para que eles não fiquem tão cansadinhos, e não esqueça de vesti-los com roupas confortáveis!

10 – E se eu precisar trocar a fralda do bebê?

No banheiro da aeronave há aqueles trocadores embutidos, não é super confortável e espaçoso e por isso, eu recomendo que você leve na sua bagagem de mão um trocador de viagem para reforçar lá, e pelo menos 2 fraldas (dependendo do tempo de voo e da idade do bebê/criança).

No site da Gol você encontra uma área especial para tirar todas as dúvidas antes, durante e depois da viagem. Acesse clicando AQUI ;)

Pedro e Cacá já são passageiros “profissionais” e desde a primeira viagem de avião (Cacá estreou com 45 dias, em uma viagem internacional com conexão, que durou 12h no total!), seguimos estas regrinhas de conforto e organização e tudo sempre dá certo!

Agora que estão maiores, eu não me preocupo mais com mamadeiras, papinhas e fraldas, mas há a necessidade de entretê-los a bordo e por isso, eles sempre levam suas próprias bagagens de mão onde eu coloco: um caderno para desenhar, lápis de cor, brinquedos para brincar sentado (lego, bonequinhos, carrinhos, Uno), fones de ouvido e o tablet com filminhos já baixados.

Além da questão sobre como ir, muitas pessoas me perguntaram qual a melhor época do ano para programar a viagem ao Beto Carrero. Bom, se você puder planejar para o período fora das férias, é a melhor coisa!

O complexo fica mais vazio, você encontra menos filas e consegue curtir o parque com mais tranquilidade. No nosso país, é meio complicado acertar os meses com chuva e sem chuva e, como a maioria das atrações do parque são “descobertas”, você aproveita melhor se forem dias sem chuva.

Por isso, talvez planejar para o início do verão (quando costuma chover só no final do dia) ou no outono/início do inverno (que costuma ser um período de estiagem), pode ser uma boa. Nesta semana que passamos lá, as temperaturas estavam bem baixas (alguns dias não passaram de 8 graus) mas, sem chuva e com um céu lindo e azul que convidava a ir curtir lá fora!

Lembre-se de checar o site do Beto Carrero para conferir se nos dias que você pretende visitar o parque, ele estará aberto e qual o horário de funcionamento. Os horários mudam de acordo com a baixa e alta estação e quando acontecem eventos e outras coisas privadas por lá.

No próximo post, vou contar onde nos hospedamos e mais detalhes sobre o destino! Quem tiver mais dúvidas, pergunta aqui!

Bjs ;)

#GuiaDeMãe

PS: Nós viajamos a convite de Gol Linhas Aéreas.

Deixe seu comentário

Comentários